⁠   ⁠
COMPARTILHE
Por que manter bons laços de amizade é importante para a saúde?
Dim Hou
Siga-nos no Seguir no Google News

A amizade é um laço afetivo extremamente positivo para o ser humano. Seja na infância, com a socialização e contato com novas crianças, identidades e interesses, seja na vida adulta, quando os relacionamentos se tornam mais duradouros, ou mesmo na velhice. Manter amigos por perto é um sinal de que prezamos pela boa convivência e pelos benefícios que a amizade pode trazer à saúde.

Além de ter alguém com quem contar, a presença de um amigo nos traz acolhimento, respeito e compreensão. Por isso, a ciência tem se debruçado a compreender como a amizade pode contribuir para a saúde mental e a qualidade de vida das pessoas.

A seguir, listamos razões cientificamente comprovadas para você manter bons amigos sempre por perto.

A amizade é importante para uma longevidade saudável

Nutrir boas relações com os amigos ao longo da vida permite com que a longevidade possa ser vivida de forma mais saudável. Os dados são de um estudo na Austrália que acompanhou, durante dez anos, pessoas idosas. Os pesquisadores constataram que aqueles com um maior círculo de amigos tinham menores chances (cerca de 22%) de morrer do que os participantes da pesquisa com poucos amigos.

Isso não significa que seja necessário encher a vida de amigos, mas sim manter boas e sólidas relações. Há pessoas mais comunicativas e que conseguem, naturalmente, ter mais inserção em círculos de amizade, já outras são mais introvertidas e buscam manter poucos, mas bons amigos. O ideal é buscar não a quantidade, mas sim a qualidade nas relações que você constrói ao longo da vida, afinal, amigos vêm e vão. Alguns permanecem, mas nem sempre uma amizade dura por toda a vida.

O segredo para uma vida plena: manter bons relacionamentos

Manter boas relações contribui para que tenhamos uma vida mais plena, com satisfação e felicidade. A informação é de um estudo da Universidade Harvard que investigou, durante 75 anos, diferentes grupos na sociedade. Fizeram parte da pesquisa 456 homens que cresceram em bairros de baixa renda de Boston entre 1939 e 2014 e 268 homens que se formaram em turmas de Harvard entre 1939 e 1944.

O estudo contou com a aplicação de questionários que abordavam fatores fisiológicos, além de questionamentos sobre as relações com familiares e amigos. Um dos resultados do estudo é que manter bons relacionamentos contribui para a saúde do cérebro e relaxamento do sistema nervoso. Além disso, uma amizade saudável – ou uma relação amorosa – pode reduzir a intensidade de dores emocionais e físicas. Por outro lado, pessoas mais solitárias estão mais propensas a enfrentar efeitos adversos.

VOCÊ PODE GOSTAR

Cultive as suas amizades

Como desenvolver uma amizade verdadeira?

Amizades saudáveis ajudam a proteger a saúde do coração

Sim, nosso coração pode se tornar cada vez mais saudável quando nutrimos bons relacionamentos. Esse é resultado de uma pesquisa divulgada em 2015 no Annals of Behavioral Medicine. O estudo foi liderado por pesquisadores da Universidade de Concordia em Montreal e do Centro de Medicina da Universidade Rush em Chicago. Para isso, selecionaram 60 estudantes internacionais que haviam se mudado recentemente para a cidade de Concordia, no Canadá, e estavam – naquele momento – sem amigos próximos, familiares ou parceiros.

A partir daí, o grupo fez exames médicos que avaliaram a saúde do coração, assim como dois e cinco meses após o início do estudo. Além disso, a pesquisa contou com a aplicação de questionários e perguntas sobre a vida social e qualidade dos relacionamentos que os estudantes estavam vivenciando. O resultado é que os participantes que haviam desenvolvido boas amizades ou relacionamentos amorosos ao longo dos meses tiveram uma melhora na saúde do coração.

Amizade no trabalho ajuda a reduzir o risco de burnout

O Brasil é o segundo país que mais sofre com casos de burnout no mundo. Segundo a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), um a cada quatro brasileiros já sofreram com o transtorno. Mas uma pesquisa recente do Instituto Gallup mostrou que ter pelo menos um bom amigo no local de trabalho pode fazer com que as pessoas tenham mais satisfação com o emprego.

Além disso, pesquisadores da Universidade Rutgers, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, mostraram que amizades no trabalho podem melhorar o bem-estar, enfrentar o estresse e até influenciar em uma carreira de sucesso. O resultado disso é que o desempenho dos funcionários também pode crescer. Isso porque as pessoas se sentem menos temerosas em pedir ajuda e podem permanecer de bom humor por longos períodos.

LEIA TAMBÉM

As Linguagens do Amor: descubra como expressar e receber afeto

A história de quatro corações conectados pelo destino

Amigos ajudam a reduzir os sintomas da depressão

Em 2015, um estudo da Proceedings of the Royal Society B mostrou que adolescentes têm menos risco de desenvolverem depressão ao se relacionarem com amigos. Além disso, relações saudáveis podem contribuir para que as pessoas se sintam melhor. A pesquisa foi feita com dois mil jovens nos Estados Unidos e constatou que amigos equilibrados não só ajudam a prevenir a depressão, mas também duplicam as chances de cura.

“Na sociedade, quando alentamos a amizade entre os adolescentes aumentamos as possibilidades de ter mais amigos equilibrados e um efeito protetor. Isto permite reduzir a preponderância da depressão”, afirmou Thomas House, líder do estudo, à AFP.

A vida pode ser simples, comece hoje mesmo a viver a sua.

Vida Simples transforma vidas há 20 anos. Queremos te acompanhar na sua jornada de autoconhecimento e evolução.

Assine agora e junte-se à nossa comunidade.

0 comentários
Os comentários não representam a opinião da revista. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Deixe seu comentário