Você sabe fazer escolhas?

  • Ale Garattoni

Na era de infinitas opções e possibilidades, o excesso é um dos principais gatilhos para a ansiedade; o antídoto, então, pode estar na sua capacidade de focar

 

É oficial: a gente vive a era do excesso, das múltiplas possibilidades, das infinitas ofertas. Não por acaso, a expressão FOMO (em tradução literal, algo como “o medo de perder algo”) entrou na moda e passou a ser apontada como uma grande causa de ansiedade. São centenas de canais de TV, dezenas de opções de streaming, milhares de cursos online, infinitos perfis de conteúdo nas redes sociais, convites variados, enfim, tudo é superlativo nos dias atuais.

O cenário se repete no ambiente de trabalho. Ao contrário do que acontecia antigamente, ninguém tem que escolher uma única profissão – já há estudos acerca das múltiplas carreiras, conceito que diz respeito não apenas a mudanças de trajetória, mas também a acúmulo de funções simultâneas. Retorno financeiro, propósito, causa, interesses pessoais, nem sempre tudo isso está em um mesmo posto, afinal.

ASSINE A VIDA SIMPLES

O grande X da questão de toda essa variedade (e de nossas muitas vontades) é que as possibilidades são infinitas; nosso tempo, não! E saber fazer escolhas é preciso. Não importa se é no campo do hobby, nos relacionamentos íntimos ou na área profissional: definir seus limites e onde estará o seu foco é fundamental para manter sua saúde mental.

O não, às vezes, é sim

Vivi isto de perto durante os últimos meses. Inundada por uma onda de criatividade e desafiada pela necessidade latente de reinvenção, acumulei dois grandes projetos de trabalho. A eles, se somavam as obrigações domésticas, aumentadas em tempos de quarentena, além disso, as atividades pessoais. O corpo começou a sentir e o veredito veio depois de uma consulta com terapeuta ayurvédica – agravamento de vata, o dosha do movimento. A prescrição necessária inclui rotina, meditação, períodos de descanso, tudo o que fica em segundo plano quando a gente passa do ponto.

ASSINE A VIDA SIMPLES

Glamourizamos a figura da mulher multitarefas nos últimos anos e o preço é alto. Querer dar conta de tudo e atender a todos não é uma opção saudável. Organize-se. Coloque suas opções no papel; faça a lista de prós e contras de cada decisão; crie o hábito de organizar sua agenda não só por dia, mas também por semana, por mês e por semestre. Seja gentil com o número de tarefas para cada período; siga menos perfis nas redes sociais; edite o que vai consumir de conteúdo. Deixe algum tempo livre na sua programação. Dizer não para o outro é, muitas vezes, dizer sim para você!

 

Ale Garattoni é carioca, formada em Administração de Empresas, com especializações em Marketing e Jornalismo de Moda. Fundadora da Amo Branding, que trabalha imagens de marcas com base no autoconhecimento, e do @5sentidosonline, que criou para compartilhar seu processo de transformação pessoal. Por aqui, mensalmente, divide sua experiência nesta caminhada.

 

*Os textos de nossos colunistas são de inteira responsabilidade dos mesmos e não refletem, necessariamente, a opinião de Vida Simples.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 235, setembro de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*