Caminhos para a felicidade

  • TEXTO Débora Zanelato
  • FOTOGRAFIA Suad Kamardeen | Unsplash
  • DATA: 07/03/2019

Professor de psicologia conta como nossos hábitos são valiosos para a conquista de uma vida plena. E gratidão tem a ver com isso

Por que a psicologia se dedica muito mais ao estudo das doenças do que da felicidade? Foi essa questão que motivou Helder Kamei, mestre em psicologia, a se aprofundar nos estudos da psicologia positiva, um campo que analisa o impacto das boas experiências para levar uma vida com mais qualidade e mais sentido. Autor do livro Psicologia Positiva e Flow (IBC), ele propõe a descoberta de atividades que nos trazem grande prazer. E defende que sentimentos como gratidão e generosidade nos ajudam no caminho da felicidade.

O que é o estado de flow e qual sua relação com a felicidade?
Flow é um estado mental que você acessa quando está muito engajado e envolvido em uma atividade prazerosa. É algo que você gosta tanto de fazer que concentra 100% de sua atenção. E nem percebe a hora passar de tão bem que se sente.  Cada um tem uma atividade particular em que entra em flow.

E como descobrir qual é essa atividade?
É preciso pensar no que você gosta muito de fazer. E o que faz com muita facilidade ou naturalidade. Pode ser pintar, jogar bola, escrever, ou mesmo no trabalho. São atividades em que nos sentimos energizados e motivados. E, quanto mais atividades assim você conseguir colocar no seu dia ou na sua semana, mais terá uma vida engajada, que é um dos caminhos da felicidade autêntica, que não usa de meios artificiais, como compras ou bebidas, para trazer satisfação.

Quais são as outras formas, segundo a psicologia positiva?
São três. Além da vida engajada, há a vida prazerosa, que busca a maior vivência de sentimentos positivos em detrimento dos ruins. Já a vida significativa consiste em se engajar em alguma atividade com um propósito maior que beneficie a comunidade, os animais ou a natureza. Esses três caminhos têm certa independência, mas, juntos, constituem a vida plena.

Você diz que a gratidão é uma das chaves para a felicidade. Por quê?
Porque, quando você é grato, passa a dar valor para tudo de bom que acontece em sua vida e para as pessoas que convivem com você. Consegue valorizar e apreciar mais os acontecimentos bons e as bênçãos. A gentileza também é outro sentimento poderoso. Nos ajuda a sair do “eu” e a olhar em volta. Isso traz significado para a vida.

 

“A gratidão nos ajuda a enxergar o que acontece de bom em nossa vida e a valorizar bons acontecimentos. Por isso, é uma das chaves para a felicidade”

 

 

 


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 214, dezembro de 2019 ASSINAR
COMPRAR A EDIÇÃO

NESTA EDIÇÃO

Viva com mais calma: É possível desacelerar e cultivar uma forma mais tranquila de aproveitar cada dia, valorizando a presença e a contemplação


COMENTÁRIOS

  • carla

    muito bom a matéria, pena que é bem resumida.

    Responder
    • Lu

      Mestre Helder, excelente explicações! Gratidão por você contribuir significativamente com o florescimento humano!🙏🙌

      Responder

  • TAMBÉM QUERO COMENTAR

     

    Campos obrigatórios*