A mulher em sua “Lua Nova”

  • Kareemi

No artigo anterior eu trouxe um pouco sobre a relação das mulheres com as fases da Lua, a influência que ela tem sobre nós e especificamente em nossa natureza cíclica. Agora vamos olhar um pouco para os aspectos que a Lua Nova no céu traz e como nós, estando em nossa fase “Lua Nova” no ciclo menstrual, podemos ser, viver e perceber essa fase em nossas atitude e comportamentos.

A Lua Nova é a primeira fase das quatro que a lua tem ao longo de vinte e oito dias, e a primeira que nós também temos no nosso ciclo menstrual. Ela começa no primeiro dia da menstruação e (em tese) dura sete dias – assim como a lua no céu. Porém hoje, com tantos fatores que impactam nosso ciclo (estresse, ansiedade, alimentação, contraceptivos hormonais, etc) boa parte das mulheres não possui ciclo menstrual com duração de vinte e oito dias. Então, essa primeira fase pode variar de duração.

Mas quais seriam os aspectos emocionais e comportamentais em nós, mulheres, nesta fase do ciclo?

O nome “Lua Nova” já diz muito… É uma fase de olhar para o novo ciclo que se abre e organizar o que será feito e realizado ao longo dele.

Ainda nos sentimos com necessidade de um certo recolhimento, afinal, estamos “na lunação”, na menstruação. E, biologicamente, o corpo pede paz, quietude. Nossa psique feminina se empodera dessa necessidade para avaliar e programar  tudo o que pretende fazer e acontecer até o final deste novo ciclo.

Avaliar, organizar, traçar as metas. Eu diria que esse é o papel dessa fase e a mulher que vive em nós durante nossa Lua Nova.

E se no céu não houver Lua Nova, mas sim outra fase dela? 

Como eu disse, hoje em dia raramente as mulheres têm ciclos de vinte e oito dias. Bem como nem todas seguem a sincronicidade lunar. E dependendo da lua que estiver regendo nosso planeta, sua Lua Nova vai sofrer influências, sim. Por exemplo, se a lua for minguante, possivelmente essa necessidade de se recolher será muito mais intensa.

O ideal é você se conhecer durante seu ciclo menstrual, ter autoconhecimento cíclico, e se observar para entender que mulher você se torna a cada fase lunar sua, a cada semana da sua menstruação. E depois entender um pouquinho sobre a influência e energia de cada lua. Isso é riquíssimo. Vai se tornar seu mapa comportamental e explicar muito sobre seus sentimentos e atitudes em cada etapa do seu ciclo. 

Eu recomendo muito esse caminho de autoconhecimento, pois transformou completamente minha vida, meu trabalho e propósitos. Não é à toa que hoje eu sirvo a esse desenvolvimento feminino tão verdadeiro.

Observe seu ciclo, faça as pazes com a sua menstruação, entenda as quatro versões de si mesma nele e viva uma grande reconexão com o seu feminino. No próximo artigo falaremos sobre a “Lua Crescente”. Até breve.

Kareemi é criadora da Ginecologia Emocional, autora do livro Viva Com Leveza (Gente) e palestrante motivacional. Nesta coluna, quinzenalmente, traz reflexões sobre os comportamentos, emoções, corpo e alma femininos. Seu instagram é @ginecologiaemocional

 

 


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 223, setembro de 2020 ASSINAR
COMPRAR A EDIÇÃO

NESTA EDIÇÃO

Colocar atenção no que é essencial em nossa existência é um caminho para viver de forma mais íntegra e verdadeira. Saiba reconhecer o que é mais valioso para você



TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*