RIZOMA: transformando o mundo através da Educação

  • DATA: 22/01/2021

Projeto leva educação socioemocional para crianças em situação de vulnerabilidade no Brasil

O Projeto Rizoma nasceu em São Paulo, em 2017. Começou pequenininho, dentro da Associação Base Colaborativa, uma organização sem fins lucrativos que potencializa pessoas e ideias que querem melhorar o mundo. Mas, em meio a tantos desafios e na contramão das estatísticas nacionais, o sonho foi crescendo e, com ele, o time de voluntários que sonha junto em tornar crianças agentes de transformação dentro de sua comunidade.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Projeto Rizoma (@projeto.rizoma)

E o crescimento foi mesmo rápido: em dois anos, o Rizoma chegou também ao Rio de Janeiro (RJ) e em Belo Horizonte (MG). Na sede paulista são realizadas mais de 50 ações por ano, com mais de 100 voluntários e cerca de 150 crianças atendidas.

O projeto surgiu a partir do sonho em comum de duas amigas psicólogas, a Ana Beatriz Chamati e a Manoela Moreira. Elas queriam levar educação socioemocional de qualidade para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. E essa é a missão do projeto.

Segundo as criadoras, o desenvolvimento de habilidades socioemocionais nos torna mais próximos de nós mesmos, pois nos ensina a reconhecer e gerenciar nossas emoções e a desenvolver relacionamentos positivos.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Projeto Rizoma (@projeto.rizoma)

Essas habilidades também nos aproximam do mundo ao nos ensinar sobre comportamento ético e tomada de decisões. Tudo isso nos possibilita lidar com os desafios da vida de forma a construir o mundo no qual queremos (con)viver.

O Rizoma acredita que o ensino dessas habilidades não depende de sala de aula. Ela se dá na vida, mais especificamente nas relações. É se relacionando que adultos e crianças aprendem e praticam as habilidades socioemocionais, e fazem verdadeira conexão com o outro e seu entorno.

Um dos pilares do projeto é acreditar que toda criança pode, com as experiências que vive, ser agente de transformação do seu meio.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Projeto Rizoma (@projeto.rizoma)

O Rizoma utiliza a metodologia Design for Change como base para todas as atividades que idealiza. Isso significa que trabalham com aprendizagem baseada em projetos reais. Começam fazendo chuvas de ideias com as crianças com a pergunta “o que queremos mudar na comunidade?” e a partir disso é criado um projeto (módulo) visando mudanças reais no espaço que elas vivem.


Para apoiar o projeto Rizoma, acesse projetorizoma.org


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 228, fevereiro de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*