Viver exige sabedoria

  • Luciana Pianaro

Viver exige a virtude da sabedoria, sim. Sabedoria de refletir, ponderar o que realmente importa na nossa vida. A arte de saber viver é a arte de saber escolher. 

 

Estava organizando meus armários, quando achei uma frase escrita em um dos meus caderninhos: “viver exige sabedoria”. Uso ferramentas digitais no meu dia a dia, mas, quando se trata de anotar reflexões pessoais, gosto de escrever em cadernos. Escrevo, penso, escrevo de novo. É um ritual que me faz bem. Com a maternidade, meu tempo ficou mais escasso, mas ainda consigo parar para pensar (e escrever) um pouco sobre meus sentimentos. Não lembro porque anotei esta frase, mas ela nunca me pareceu tão atual.

A vida contemporânea exige muito de nós. Trabalho, estudos, família, relações pessoais, amigos, obrigações das mais variadas. Eu, pelo menos, sinto que vou vivendo e fazendo, sem parar muito para refletir. Faço o que precisa ser feito. Responder todas as mensagens. Dar conta de todos meus papéis. Mas será que eu tenho que fazer tudo? O que acontece se eu não fizer? 

ASSINE A VIDA SIMPLES

Viver exige a virtude da sabedoria, sim. Sabedoria de refletir, ponderar o que realmente importa na nossa vida. De olhar para dentro sem medo de encontrar um ego maior que nós mesmos, que, além de nos gerar ilusões e ansiedades, gera infelicidade, conflitos, brigas por coisas pequenas (só para ter razão!) e nos afasta das pessoas que mais amamos. 

Só que não adianta, a sabedoria vem com o tempo. Com as quedas, com as desilusões, com os amores não correspondidos, com as dores do outro sentidas por nós, com os sinais que seu filho está lhe dando para chamar sua atenção….

A arte de saber viver

Viver exige esforço para encontrar o equilíbrio. O famoso caminho do meio. O caminho que permita que você seja uma boa pessoa – antes de tudo,  para você mesmo. Que tenha tempo para seu corpo, mente, espírito. Para que, estando bem consigo, possa conviver melhor com o outro. 

Viver exige sabedoria constante para a travessia. De percepção, de cuidado, de esforço, de sutileza, para que sua jornada lhe mostre o necessário para provocar as mudanças de que o mundo precisa. No seu mundo, no seu microcosmo, que é onde realmente a transformação precisa acontecer.

O exercitar frequente dessa virtude responde à questão que me fiz.  Não, eu não preciso fazer tudo – e nem você. Se o que buscamos é o caminho do meio, teremos que dizer nãos. E tudo bem. Pode ser que a culpa apareça, mas isso é assunto para outra conversa. Como ouvi certa vez: a arte de saber viver é a arte de saber escolher. Tem que fazer sentido para nós. Sempre.


Luciana Pianaro
 é administradora e empresária. Em abril de 2018 comprou a marca Vida Simples e todo seu acervo para que a voz que ela havia construído desde 2002 não deixasse de existir. Seu instagram é @lucianapianaro


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 235, setembro de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*