COMPARTILHE
Livros sobre autocuidado para uma vida com propósito
Unsplash

Autocuidado é sem dúvida uma das palavras mais importantes no nosso cotidiano nos últimos tempos, isso porque se tornou cada vez mais clara a necessidade de nos preservamos, conhecermos nossos limites e entendê-los dentro dos contextos em que estamos inseridos. Cuidar de si, reservar um período do dia ou da semana só para você é algo tão importante quanto dividir o tempo com as pessoas que amamos.

As práticas de cuidado também não podem se tornar uma obrigação. Quando existe uma busca frenética, acontecem sentimentos de culpa e frustração, por exemplo, quando não conseguimos fazer o skincare ou ir a todas as aulas de yoga da semana. Cunhado pela poeta negra estadunidense Audre Lorde, o conceito de “autocuidado” é mais do que isso: é saber se preparar para as lutas que virão na frente, buscar equilíbrio emocional e se cuidar não só do ponto de vista pessoal, mas coletivo, assim nos protegemos e e temos consciência de que nossos afetos estão juntos conosco.

A saúde integral tem a ver com a priorização do seu corpo e mente, passando pela necessidade de perceber os pequenos momentos importantes que passam despercebidos. É preciso perceber a beleza da vida.

A Vida Simples reuniu a indicação de quatro livros que nos lembram que o autocuidado é importante e essencial para nossas vidas, independente da fase em que nos encontramos.

Ao Sabor do Tempo (Valentina, 2022)

“Estremecer de frio de repente e abrigar-se sob uma marquise”; “pegar alguém pela cintura para um rodopiar de valsa”; “viajar sem malas”; “ensinar a uma criança palavras que ela guardará para a vida toda, como ‘margarida’ e ‘carochinha’”; “saber que está plenamente engajada na luta das mulheres pela igualdade”; “vivenciar com toda a efervescência um belo reencontro”; “deixar para trás, sem arrependimento, lugares onde morou, mas lembrar-se deles com deleite”.

Esses são alguns fatos corriqueiros, lembranças, percepções que costumam passar despercebidos, mas que, segundo a antropóloga e etnóloga Françoise Héritier, constituem a base e a matéria identificável da nossa existência. No delicioso Ao sabor do tempo, que chega ao Brasil pela editora Valentina, a autora do best-seller de O sal da vida convida o leitor a redescobrir as dores e, principalmente, as delícias dos pequenos grandes acontecimentos que dão cor e sabor ao dia a dia e, afinal de contas, à própria vida.

Foto do livro Ao sabor do tempo com uma xícara de café e um pão. Autocuidado. Foto: Editora Valentina

Seja Gentil com Você (Mundo Cristão, 2022)

Manter um relacionamento saudável consigo é um desafio evidente para muitas pessoas. Se você se encaixa nesse perfil característico por ser implacável na autocrítica, a boa notícia é: a autoaceitação pode ser desenvolvida com disciplina e de formas simples e transformadoras.

Quem deseja fortalecer a autoestima, o perdão, o cuidado de si e a autoaceitação será beneficiado com a leitura e a prática dos exercícios propostos pela escritora e teóloga Cindy Bunch na obra Seja gentil com você, lançamento da Editora Mundo Cristão.

Mestra em estudos teológicos pelo Northern Seminary, nos EUA, Cindy convida o leitor a despertar-se para a beleza da vida e a encontrar inspiração, motivação e entusiasmo para prosseguir no desenvolvimento pessoal. Por meio textos edificantes, práticas espirituais e exercícios criativos para reflexão e celebração, ela aponta caminhos para o bem-estar físico e emocional e ensina como identificar pensamentos negativos responsáveis pelas punições autoimpostas e, na maioria das vezes, desnecessárias.

Foto do livro Seja Gentil com Você e uma breve descrição ao lado. Autocuidado Foto: Editora Mundo Cristão

VOCÊ PODE GOSTAR

Rotina de autocuidado para a beleza exterior (e interior também!)

Ideias que provam que autocuidado não é só para ricos

Alimento e autocuidado no café da manhã

Autocuidado – A Dinâmica da Saúde Integral (Epígrafe, 2022)

O autocuidado é uma jornada de autoconhecimento, de compreensão dos modelos de saúde e de bom uso dos recursos e práticas terapêuticas disponíveis. É uma prática de autoconexão e de reinventar-se a partir da ampliação do entendimento do mundo e de si, seus interesses e propósitos de vida.

Resgatar o significado do “cuidar” é o propósito do livro, com o intuito de ajudar na compreensão do que se deve considerar para alcançar o autocuidado e a saúde integral, seja para nós mesmos, para as pessoas que nos cercam, ou aos que assistimos profissionalmente.

A proposta não é definir qual é o melhor caminho, mas, de fato, modificar a lógica da construção do cuidado, com a valorização das tecnologias de diferentes racionalidades e compreensões de saúde, em constante interação, para aprender a cuidar de si mesmo e dos outros, com integralidade.

Foto da capa do livro com um círclo formado por rosas e o tíulo em azul com fundo branco. Autocuidado Foto: Editora Epígrafe

Simplify – Guia para uma vida simples (Paula Flório, 2021)

“Meu processo de escrever este pequeno guia teve início junto com o início da pandemia onde eu fiquei retirada de tudo na minha casa na montanha junto com meus 4 cachorros e 3 gatos”, conta Paula Flório. Embora não tenha sido um retiro voluntário, mas uma necessidade ligadas a diversas questões relatadas no seu livro, a experiência da escritora durante esse tempo proporcionou uma jornada de autoconhecimento imergindo em suas próprias reflexões.

“Eu acordava de manhã com as ideias e ia rascunhando os itens, temas, capítulos e depois ia escrevendo um a um. Depois me dediquei a ‘desenhá-lo’, criar o visual dele etc.”, explica Paula. “Fui bem exigente nisso pois queria que ele fosse muito singelo – assim como a mensagem que nele continha. Eu queria um livro simples para trazer a mensagem de simplicidade dele. Porém, a simplicidade é o mais alto grau de sofisticação – frase mencionada no livro”, acrescenta. A escritora lembra que no período em que esteve morando na montanha pode perceber o poder da simplicidade e da importância – ou não – de certas necessidades que foram criadas pelos seres humanos ao longo do tempo. “Na experiência que tive morando na montanha, com a retirada de quase tudo, percebi basicamente que eu precisava de POUCO. Pouca comida, pouca roupa, poucos compromissos… Percebi o quão simples é a vida e o quanto nós, humanos, a complicamos.”

“Depois dessa ‘viagem’, concluo que somos como diamantes sendo lapidados. Meu livro é um convite à simplicidade e à beleza da vida pois ao começarmos a simplificar nossas vidas – do exato lugar onde estamos –  ao retornamos à vida simples, estaremos ativamente agindo para nos salvar e salvar nosso Planeta Terra”, conclui Paula Flório.

Foto da capa do livro com o nome Simplify em azul rodeado de um círculo de flores nas cores rosa, vermelho e verde. Autocuidado Foto: Paula Flório

A vida pode ser simples, comece hoje mesmo a viver a sua.

Vida Simples transforma vidas há 20 anos. Queremos te acompanhar na sua jornada de autoconhecimento e evolução.

Assine agora e junte-se à nossa comunidade.

0 comentários
Os comentários não representam a opinião da revista. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Deixe seu comentário