COMPARTILHE
O poder da argila e dos cosméticos naturais
Raphael Lovaski

Aos poucos a humanidade foi esquecendo os métodos naturais de cuidado do corpo, seus princípios terapêuticos e o poder que as plantas, essências e produtos da terra têm sobre nossa pele.

A cada ano, aumentam os produtos industrializados, as fórmulas sintéticas, a presença de compostos químicos desenvolvidos em laboratórios e propagandas publicitárias associadas à qualidade e segurança desses compostos.

É claro que o uso de cosméticos industrializados acaba se tornando quase inevitável. São financeiramente mais acessíveis, mais fáceis de obter nas cidades e seu uso acaba sendo mais otimizado pela correria do dia a dia. Ainda assim, mesmo que usar produtos da terra ou diretamente do quintal possa parecer práticas de nossos avós e bisavôs, muitos influenciadores e marcas vêm resgatando a importância desse contato e até mesmo a qualidade maior das fórmulas naturais.

Estão cada vez mais populares nas cidades os empreendimentos especializados em beleza natural, que atendem não só a um nicho de mercado, mas também mostram os efeitos positivos e duradouros que certos compostos têm sobre nosso corpo, sem causar danos a longo prazo ou trazer alguma consequência indesejada. Entre eles, a argila vem ganhando cada vez mais espaço nos produtos de pele, com uma qualidade às vezes superior a produtos sintéticos e procurada inclusive por pessoas de fora do Brasil.

Beleza natural 

Cinthia Benck é farmacêutica há quase 30 anos e desde o início da sua carreira seu sonho era poder trabalhar com medicamentos e produtos fitoterápicos – produzidos a partir de plantas medicinais -, algo que se concretizou quando ela conseguiu construir e administrar a Benckfarma, sua farmácia de manipulação em Telêmaco Borba, uma cidade localizada no interior do estado do Paraná.

Cinthia conta que sempre admirou o poder da argila de trazer benefícios para o corpo humano, nutrindo e revitalizando a partir da presença de minerais como alumínio, mica e carbonatos, por exemplo. Mas havia um certo problema, já que seu uso deixava a pele ressecada ao longo do tempo e boa parte das pessoas tinham receio em fazer uso contínuo da argila.

“A gente conseguiu chegar numa formulação ideal que não resseca”, explica entusiasmada com o resultado dos testes e formulação dos produtos. Foram anos de estudo, revisão bibliográfica, compreensão de como a argila atua no corpo, além da parceria com os laboratórios das universidades presentes na região. Ela acrescenta ainda que “a maioria dos cosméticos tem efeito apenas na parte superficial da pele, mas a argila tem essa capacidade da profundidade”. 

E mesmo apesar de ter tido seu auge durante a Grécia Antiga, quando a argila era massivamente utilizada para os cuidados com o corpo, o recurso foi perdendo cada vez mais espaço na sociedade para a abertura de outros compostos e criações ao longo dos avanços na industrialização.

Mas por que não resgatar isso e trazer de volta o uso de cosméticos naturais? Esse era o questionamento da profissional e o que mais a incomodava quando o assunto era produtos de beleza.

Como eu vou oferecer um produto que vai envolver a questão do descarte de poluentes?“, questiona a Cinthia, que a partir daí passou a buscar fórmulas cada vez mais sustentáveis de produção.

Sabonetes artesanais produzidos a partir de argila pela Benckfarma, empresa criada por Cinthia Benck focada em produtos de origem natural. Foto: Arquivo pessoal / Cinthia Benck

Redução do impacto ambiental

Do outro lado do país, na cidade de Fortaleza, Brunna Angelica é uma das empreendedoras do país que atuam na área de produção de cosméticos naturais, sustentáveis, cruelty free (sem crueldade animal) e que buscam respeitar o meio ambiente com o menor impacto ecológico.

Ela, que é formada em Química, conta que começou a se apaixonar pela área quando estava no fim do mestrado, momento em que pesquisava óleos essenciais para a produção de sua dissertação. “Ainda durante o mestrado comecei a fazer testes em laboratórios para ver o que podia desenvolver e passei a fazer os primeiros produtos, que eram sabonetes e hidratantes”, conta.

A partir daí, foi participando de cursos, especializações e estudos na área para compreender a produção de cosméticos naturais e passar a ter produtos com maior qualidade e procura pelo público interessado na área.

“O cosmético natural é uma alternativa, porque além de ser natural, possui uma pegada ecológica muito menor e tem relação direta com uma preocupação emergente de uma vida mais sustentável, mais slow“, acrescenta.

Para ela, uma das principais diferenças no processo de produção – além da busca por ingredientes de origem natural – é a preocupação com o impacto ambiental que aquele produto pode gerar. “Os pequenos produtores se preocupam demais em saber a procedência da matéria-prima, a gente procura pesquisar bastante se ela é de fato natural, se não vem de exploração ambiental, de desmatamento, então a gente procura fornecedores que respeitem a natureza e o meio ambiente”, esclarece.

Hoje, Brunna é CEO de uma pequena marca de cosméticos naturais na cidade, a Meu Eco, que traz todos os valores e princípios da sustentabilidade e busca de um mundo que respeite o meio ambiente, com o potencial de impacto também nos clientes. “Diminuir o impacto ambiental no mundo e que isso respingue nos nossos consumidores”, conclui.

Conheça pequenos produtores de cosméticos naturais no Brasil

O mercado de cosméticos naturais cresce em todo o país, não só pela procura por fórmulas que sejam mais benéficas à pele e proporcionem uma melhor experiência, como também a preocupação pela sustentabilidade ambiental, respeito à natureza e redução da emissão de poluentes, seja no transporte ou na presença de compostos químicos sintéticos. Reunimos, então, algumas iniciativas de pequenos produtores pelo país.

Meu Eco – Fortaleza (CE)

A Meu Eco é uma empresa de cosméticos naturais veganos e sustentáveis localizada na cidade de Fortaleza, capital do Ceará, embora envie produtos para todo o Brasil em sua loja online. Além da produção ecológica, o empreendimento estimula a conscientização ambiental e utiliza embalagens sustentáveis.

https://www.instagram.com/p/CjvtUQCr3ve/

Simbioze Amazônica – Manaus (AM)

Simbioze é uma marca de cosméticos da Biozer da Amazônia, uma startup amazonense referência em bioeconomia. Criada pelos empreendedores Domingos Amaral Neto e Danniel Pinheiro, tem o objetivo de levar saúde e beleza através de produtos 100% naturais, veganos e de base florestal amazônica, mostrando suas peculiaridades, sazonalidade e características.

https://www.instagram.com/p/CY9_TBcLrtx/

Camytá – Florianópolis (SC)

A Camytá é uma pequena empresa de cosméticos naturais veganos, cruelty free (sem crueldade animal), com potencial fitoterápico, além de possuírem sua marca na sustentabilidade ambiental e na produção feita por mulheres. Apesar de estar localizada na cidade de Florianópolis, a iniciativa entrega em todo o país.

https://www.instagram.com/p/CeelH8aPBKc/

Vida Libre – Goiânia (GO)

“Por uma vida mais sustentável e com propósito”, é assim que se define o Vida Libre, uma marca de cosméticos ecológicos que prioriza produtos veganos, naturais e orgânicos. Localizada na cidade de Goiânia, a empresa também comercializa produtos na área de aromaterapia.

https://www.instagram.com/p/CFj8b8eDQlM/

Faz Bem – Vitória (ES)

A Faz Bem cosméticos é uma iniciativa na cidade de Vitória, capital do Espírito Santo, que atua na área de beleza natural com cosméticos naturais, orgânicos e veganos.

Fundada em 2016, a loja surgiu de um sonho de suas proprietárias que tinha como objetivo oferecer uma alternativa para substituição dos cosméticos convencionais que  possuem ingredientes sintéticos, derivados do petróleo, testados em animais e geneticamente modificados presentes no conteúdo do produto. 

Os cosméticos vendidos pela Faz Bem são naturais não contém aditivos químicos em sua composição, livres de ingredientes sintéticos, derivado de petróleos são cruelty free, não testados em animais.

https://www.instagram.com/p/ChuU4j5Ir1Y/

Argiloterapia

A argiloterapia é, em poucas palavras, o uso dos componentes minerais da argila na pele, couro cabeludo e até mesmo no cabelo para revitalizar e trazer qualidades para essas partes do corpo. É comum que muitas pessoas utilizem máscaras de argilas que agem no rosto para inúmeras propriedades como clareamento, calmante e limpeza, a depender da fórmula que cada pessoa adota para usar.

Entre as principais propriedades, estão a absorção de impurezas e toxinas, favorecimento da reprodução celular, esfoliação da pele e couro cabeludo, controle da oleosidade, eliminação das bactérias e efeito calmante. Mas é importante se atentar a qual tipo de argila será utilizada e quais a necessidades do seu corpo naquele momento.

Cada argila tem uma função, tudo partindo dos componentes minerais que ela tem. Então quando você faz a utilização da argila, você faz uma vez, mas você tem que trazer isso para casa”, explica Cinthia, destacando o uso de cosméticos e produtos de forma contínua para manter as propriedades e efeitos da aplicação da argila. 

Entre os tipos mais comuns utilizados estão a argila verde ou acinzentada, com efeito tensor, que estimula o colágeno e a elastina; a argila vermelha, que é mais recomentada para se aplicada no corpo; a argila amarela, com efeito calmante; e a argila branca, com uma forte presença de carbonatos e efeitos que acalmam a pele. 

VOCÊ PODE GOSTAR

Por que você deve prestar atenção aos conservantes nos cosméticos

Cosméticos para fazer em casa

Criadores de conteúdo que abordam a beleza natural

O compartilhamento de informações e a divulgação do conhecimento acerca da beleza natural e dos cosméticos sustentáveis são essenciais para que cada vez mais essa abordagem seja difundida. Empreendimentos como o de Cinthia são importantes para mostrar que há uma outra lógica e formas de cuidar do nosso corpo, mais alinhadas ao meio ambiente, à preservação da natureza e o respeito com a nossa pele.

Há inúmeros influenciadores e criadores de conteúdo nas redes sociais que fazem uma curadoria e trabalho muito importante de conscientização e sensibilização. Por isso, destacamos três delas, embora você – leitor – possa adicionar mais sugestões aqui nos comentários dessa publicação.

Nyle Ferrari (@nyleferrari)

Nyle Ferrari está há 12 anos dando dicas e informações sobre a rotina de beleza com produtos naturais e ecológicos. Além de jornalista e vegana, Nyle sempre traz conteúdos em seu Instagram baseados em comprovações científicas ou com validação de profissionais da área da beleza, atestando a segurança e qualidade dos produtos ou práticas de beleza natural.

https://www.instagram.com/p/CjvOUmmjWUs/

Camila ❈ Beleza Natural (@skincarecomplantas)

Camila se define como uma pilota de avião entusiasta de beleza limpa, amante de sustentabilidade e tudo que faz bem. Em seu Instagram a influenciadora dá dicas naturais de beleza, indica produtos e profissionais que são adeptos do uso de recursos naturais no tratamento e cuidado com a pele, além de fazer unboxing e opiniões sobre os cosméticos que ela utiliza.

https://www.instagram.com/p/CfsQXgZt-bV/

Beleza natural – Por Dani Fabbri (@terra_vegana)

Além de falar sobre o uso e importância de cosméticos naturais, Dani Fabbri também aborda a importância da agroecologia, cabelos, plantas e saberes. Além disso, a criadora de conteúdo costuma abrir vagas para cursos e oficinas que incentivam a apropriação dos conhecimentos acerca do uso de cosméticos naturais e da aplicação dessa prática no dia a dia das pessoas.

https://www.instagram.com/p/ChDTDu2g54X/

Marcela Rodrigues (@anaturalissima)

Marcela é jornalista, facilitadora nas áreas de sustentabilidade e bem-estar, além de abordar temas como beleza limpa, holística, consumo consciente desde o ano de 2009, quando ainda atuava como jornalista de redação, produzindo conteúdos multiplataforma e transicionando para uma carreira focada em comunicação para a sustentabilidade.

Com o desenvolvimento do seu trabalho, ela fundou o A Naturalíssima, uma multiplataforma de conteúdo & educação que conecta sustentabilidade & bem-estar. Desde 2014 compartilha caminhos para um estilo de vida consciente a partir do consumo responsável, da renaturalização dos hábitos a partir de uma cosmovisão holística. Foi pioneira em disseminar movimentos como beleza natural\limpa e slow living.

https://www.instagram.com/p/CcSlFMEuvQM/

A vida pode ser simples, comece hoje mesmo a viver a sua.

Vida Simples transforma vidas há 20 anos. Queremos te acompanhar na sua jornada de autoconhecimento e evolução.

Assine agora e junte-se à nossa comunidade.

0 comentários
Os comentários não representam a opinião da revista. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Deixe seu comentário