Ouvindo Vida Simples: a origem do som da amizade

  • TEXTO Gisela Garcia
  • DATA: 31/01/2021

O novo podcast da Vida Simples surgiu de um ato de amizade e mostrou pequenos gestos podem, mudar vidas

Era setembro de 2020 quando Sandra Cunha dos Santos, conhecida como Sandra San, soube que sua grande amiga Maria Heloisa Souza Mello, Helô para os mais íntimos, estava perdendo a visão.

A ex-professora Sandra tinha uma paixão antiga por cultura e arte e foi em um evento cultural, há uma década, que ela conheceu Helô.  “A gente se conheceu no Sesc. Sempre íamos assistir peças de teatro, fazíamos aulas de artesanato, curso de mandala, de tear”, conta.

Por isso, ao saber da situação da amiga, ela teve uma ideia. “Helô é uma pessoa muito culta, que sempre gostou muito de ler. E quando soube do seu problema de visão, pensei: se ela não pode ler, ela vai ouvir”, revelou.

Era algo totalmente despretensioso. Sandra diz que se sentiu desafiada a experimentar. “Sempre ouço nas lives, na caixa de experiência, nos textos da revista que devo testar. Foi o que eu fiz”.

“Escolhi um texto pensando no que ela sempre fez e faz por mim. Era uma matéria da revista Vida Simples chamada “Gentileza gera gentileza”. Simplesmente abri a revista e comecei a ler a matéria, sem preocupação com ruídos externos, apenas fui lendo, me deixando levar”, comentou Sandra.

A reação de Helô foi emocionante e comoveu Sandra. “Eu achei que ela nem fosse ouvir tudo, era um áudio extenso, longo. Mas ela ouviu e gostou. Me mandou uma mensagem linda, me senti abraçada, me senti querida”.

A partir disso, Sandra começou a enviar para Helô áudios de suas matérias preferidas. “Eram sempre textos significativos, que eu achava que tinham a ver com ela, com a nossa amizade”, diz a ex-professora.

Foram alguns áudios enviados para Helô até a história da amizade entre as duas chegou aos ouvidos do diretor de Marketing da revista, Horácio Coutinho.

E assim, surgiu o podcast “Ouvindo Vida Simples”. E o que era “apenas” um gesto de amizade, um ato de carinho de uma amiga para outra, passou a ajudar outras pessoas, a mudar outras vidas.

“Quando o Horácio me falou que ia virar podcast, fiquei surpresa. Jamais imaginei que pudesse tomar essa dimensão. Que outras pessoas poderiam gostar de escutar os textos que eu lia para minha amiga”, conta Sandra, emocionada.  Ela diz que o sentimento é de gratidão. “

Helô também ficou feliz em saber que, de certa forma, a amizade das duas estava eternizada e disponível para quem quisesse.

Apesar de, agora, seus áudios estarem ao alcance de todos, Sandra conta que ainda hoje se imagina lendo para Helô.

E ainda se surpreende com o alcance das suas leituras. “Às vezes penso que aquilo não faz diferença pra ninguém, vai ser só mais um podcast, mas sempre fico feliz com o retorno das pessoas”.

Sandra agora é uma expert no formato. Descobriu os recursos do gravador e prepara com mais cuidado os áudios. “Comecei a gravar de madrugada para evitar os barulhos e brinco sempre: fiquem de olhos e ouvidos abertos que já, já, chega mais um áudio”, diverte-se.

Mas ela conta que as mudanças são apenas essas. “Tem algumas diferenças na qualidade, porque o carinho e a dedicação são os mesmos. Ou até maiores”, finaliza.


Ouvindo Vida Simples: O Poder da Gentileza | Vida Simples


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 235, setembro de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*