Ideias que salvam vidas

  • TEXTO Nara Siqueira
  • FOTOGRAFIA Divulgação
  • DATA: 27/01/2019

A história da artista gaúcha Nara Guichon é feita de tramas e fios. Desde muito nova, ela trabalha com o tricô e o crochê e se preocupa em reutilizar materiais. Há alguns anos, Nara mora em uma praia do litoral catarinense. Foi lá que descobriu que as redes de pesca descartadas se transformavam em um problema para a natureza. Isso porque seu material não se decompõe facilmente.

Pensando nisso, Nara passou a utilizar grandes pedaços de redes para produzir acessórios como xales, vendidos dentro e fora do país. Mas, recentemente, ela percebeu que outro problema também precisava de solução: os pedaços menores das redes. Em alto-mar, eles feriam, prendiam ou asfixiavam os animais e se transformavam num inimigo difícil de combater. Para pensar em maneiras possíveis de também reutilizá-los, a artista se uniu aos pescadores da região e criou o projeto Águas Limpas. Foi daí que veio a ideia de usar esse material para produzir um esfregão de limpeza.

Feito com as redes, o acessório é ótimo para retirar sujeiras pesadas e tem alta durabilidade. Atualmente, essa esponja, batizada de esfregão, é comercializada pela empresa POSITIV.A, que fabrica produtos sustentáveis como lava-roupas, lava-louça e detergente multiuso. O esfregão pode ser usado para limpar azulejos e pisos, cozinha, banheiro e jardins


TAMBÉM QUERO COMENTAR

Campos obrigatórios*


VEJA TAMBÉM