3 perguntas essenciais para você se fazer antes de ir às compras

  • TEXTO Gisela Garcia
  • FOTOGRAFIA Becca McHaffie/Unsplash
  • DATA: 05/12/2021

Sua caixa de e-mails deve estar bombando de promoções. Para evitar compulsões, veja três perguntas essenciais para fazer a si mesmo antes de ir às compras.

Com toda a agitação dessa temporada de compras, é importante prestar atenção aos verdadeiros motivos pelos quais você consome. Mais do que isso, o ideal é que você entenda de verdade o que você consome, a quem isso afeta e qual o impacto das suas escolhas.

Já imaginou se fosse possível consumir produtos e serviços que agregassem valor real ao planeta, baseado no entendimento das suas emoções?

Decisões de consumo 

Será que, quando consumimos, estamos fazendo bem ao mundo? A humanidade foi marcada por doenças que surgiram a partir do consumo de produtos feitos para viciar seus consumidores, e criados a partir da exploração de pessoas e recursos naturais.

É importante entender que as decisões que tanto racionalizamos na hora de consumir são, na realidade, emocionais. No final, o que é barato para você pode sair caro para alguém.

LEIA TAMBÉM: Por que você compra o que você compra?

Economia das emoções

A emoção é uma resposta afetiva muito pessoal, provocada por algum estímulo – externo ou interno – e pode ser vivida de maneiras diferentes por cada um de nós. Segundo a especialista em hábitos de consumo, Iza Dezon, a economia das emoções se pauta na capacidade de empatia profunda. O foco deixa de estar nas pessoas e passa a estar no coletivo.

Em poucas palavras, a economia das emoções é a capacidade de transformar o mundo a partir da reconexão com nossa essência humana, gerando relacionamentos verdadeiros e transformando a realidade do mundo em que vivemos.

3 perguntas essenciais para você fazer antes de se jogar nas compras:

1. Por que você consome?

Em resumo, todo o nosso consumo é baseado em necessidade e emoção. Quantas vezes você abriu o armário e pensou: “será que preciso mesmo de tantos vestidos, tantos sapatos, bolsas…?

Primeiramente, busque entender suas emoções e necessidades. Por que você compra? Em outras palavras, entenda se é algum vazio que você tenta preencher ou se é uma necessidade baseada em um impulso, por exemplo. Depois disso, você já está meio caminho andado na estrada do consumo consciente.

2. Quem faz o que você consome?

Você já parou para pensar na cadeia de produção daquela blusinha de 9,90? Será que alguém está sendo explorado para você pagar tão barato em uma peça de roupa?

Nesse sentido, vale a pena pesquisar sobre as marcas antes de comprar.

LEIA TAMBÉM: Qual é o preço da conveniência?

3. Qual o impacto ambiental do produto ou serviço que está consumindo?

Segundo levantamento realizado pela Opinion Box, 54% dos brasileiros preferem consumir marcas preocupadas com o meio ambiente.

Por fim, é muito importante que você entenda qual é o impacto ambiental do seu consumo. Estamos, afinal, todos no mesmo barco e, se esse barco afundar, vamos todos afundar juntos.

Para saber mais sobre o assunto, confira “Passaporte para a felicidade”, texto de Giuliana Sesso que aborda a questão do consumo consciente.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 239, janeiro de 2022 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*