A arte que alimenta a alma  

  • TEXTO Suzana Vidigal
  • DATA: 28/03/2021

SOCIEDADE LITERÁRIA E A TORTA DE CASCA DE BATATA (The Guernsey Literary and Potato Peel Pie Society), de Mike Newell, com Lily James, Michiel Huisman, Jessica Brown Findlay |Reino Unido, 2018 (124 min), Netflix.

Para a escritora Juliet Ashton (Lily James), a literatura é tudo na sua vida. Mas estamos em 1940 durante a Segunda Guerra Mundial e, para conseguir um dinheiro extra, ela precisa vender alguns dos seus livros. Um deles vai parar nas mãos de Dawsey (Michiel Huisman), habitante da ilha de Guernsey, território britânico no Canal da Mancha, ocupado pelos alemães. Nessa ilha, os livros eram a única distração e Dawsey e um grupo de amigos decidiram formar uma Sociedade Literária. Nos tempos duros da guerra, a leitura era um momento em que a arte superava as dificuldades e funcionava como um combustível emocional. Claro que Juliet e a turma desse “clube do livro” vão acabar se encontrando, trazendo a reflexão sobre a importância de ouvir a voz interna e optar pelo caminho que faz sentido. Nem sempre é o mais fácil, nem mais cômodo. Mas é, certamente, o mais genuíno e aquele que produz a sensação de completude de que tanto precisamos.

 


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 230, abril de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*