Por que ler os clássicos?

  • TEXTO Rayza Fontes
  • FOTOGRAFIA Artiom Vallat (Unsplash)
  • DATA: 15/05/2021

Na sugestão de livros desta semana, Rayza Fontes traz o encantamento atemporal dos grandes clássicos da literatura.

Muitas vezes temos vontade de ler os clássicos, mas há tantas obras fundamentais que nem sabemos por onde começar. Nesta semana, Rayza Fontes  apresenta três sugestões. Boa leitura!

David Copperfield, Charles Dickens, Editora Cosac Naify, 2014, 1243 Páginas.

Madame Bovary, Gustave Flaubert, Editora Nova Fronteira, 2018, 303 Páginas.

Quincas Borba, Machado de Assis, Editora Nova Fronteira, 2016, 234 páginas.


RAYZA FONTES (rayzagfontes) é uma jornalista capixaba, mãe de pet, de planta e de muitos livros. Casada com o seu melhor amigo, sonhadora compulsiva, leitora crônica, fã de café para acordar e champanhe para relaxar. Descobriu muito cedo que ler é a prevenção e a cura para todos os males.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 232, junho de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*