O desafio de educar em tempos de internet

  • TEXTO Redação Vida Simples
  • FOTOGRAFIA Rido Franz | IStock
  • DATA: 26/10/2021

O filósofo espanhol Fernando Savater alerta para o papel fundamental do professor na educação em tempos de internet.

Desde tempos remotos que se discute conteúdo e modelos de educação. Sobre os formatos, apesar das atualíssimas questões de gênero, há quem faça a opção pela educação que separa meninos e meninos e ainda hoje há muitas escolas nesse modelo em todos os cantos do mundo, inclusive na Europa. Sobre os conteúdos/modelos da educação, nós brasileiros, somos representados em congressos mundiais através do trabalho de Paulo Freire.

Entretanto, esse debate ganhou novos contornos e complexidade com a internet. Qual é o papel do professor para a criança de hoje que tem acesso a tudo na internet? Por mais perfeita que seja uma máquina, ela apenas disponibiliza informação. Há conteúdos bons e adequados, mas há também conteúdos fabricados para disseminar manipulação e mentira.

Depois da internet

Entretanto, os problemas e desafios não estão restritos apenas ao conteúdo trazido pela internet, mas também da própria presença física do computador em sala de aula. Se por um lado, o computador pode facilitar os processos de aprendizado — como conteúdo e como instrumento —, ele comporta também a possibilidade da evasão da sala de aula.

O filósofo Fernando Savater acredita que nesses novos tempos de caos de informação e crises éticas, o papel do professor é fundamental. Para ele, esse profissional precisa ser reconhecido, valorizado e amparado nesses novos desafios trazidos pela sociedade excessivamente informatizada.“Eu acredito que uma das questões pendentes em nossos países é reconhecer a importância e a dignidade social do professor”, alerta ele.

Nascido em San Sebastian, País Basco, Espanha, Fernando Salvater foi professor de Ética na Universidade do País Basco por mais de uma década e atualmente é professor de filosofia na Universidade Complutense (Madrid). Ele ganhou vários prêmios por seu trabalho literário, que cobre temas tão diversos como ética contemporânea, política, cinema e estudos literários. É autor das obras  O Valor de Educar, A Infância recuperada, Ética Urgente, Uma História Descomplicada da Filosofia, entre outros.


Fronteiras do Pensamento é um projeto de conferências que existe há 14 anos e que promove a análise dos caminhos do mundo, do comportamento das pessoas e das perspectivas para o futuro.  Já passaram por lá pensadores, artistas, cientistas e líderes de expressão mundial. A partir deste mês, quinzenalmente — numa parceria inédita de conteúdo — os leitores de Vida Simples terão acesso a uma curadoria especial de video-conferências que abordam temas ligados à nossa editoria de comportamento. Além disso, leitores e assinantes terão descontos especiais para a inscrição (clicar no banner abaixo) na temporada 2021 do Fronteiras do Pensamento.


fronteiras


 


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 238, dezembro de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*