HORIZONTES – A vida como ela é

  • TEXTO ANA HOLANDA
  • FOTOGRAFIA MARCELO OSÉAS
  • DATA: 03/11/2020

Retratar as pessoas e o cotidiano de um lugar é também uma maneira de aprender a amar-se

Cansado da rotina que levava no Rio, o fotógrafo Marcelo Oséas se mudou com a esposa para Ilhabela, em São Paulo. “Eu tinha conhecido a ilha havia uns 16 anos, em uma viagem de mergulho, e lembro que disse: ‘um dia vou morar aqui’. Dito e feito!”, lembra Oséas.

Entre 2014 e 2015, Marcelo morou nesse lugar que é um destino muito procurado por turistas. Ilhabela é conhecida pelas praias de águas claras e pela natureza exuberante. Só que o fotógrafo enxergou mais do que isso. Ele se encantou com a vida que acontecia todo dia e não só nos finais de semana, quando o lugar ficava repleto de gente de fora. E aprendeu a admirar a lama que se forma depois da chuva, o ônibus que leva as pessoas de um lado para o outro ou as crianças brincando com o que a natureza lhes apresenta.

Para mim, uma comunidade que não se retrata está fadada ao esquecimento ou à assimilação por outras formas de viver

Esse olhar delicado para as pessoas e para o entorno virou ensaio fotográfico, estampado no seu site, que é também portfólio de trabalho. Mas não espere encontrar imagens de locais paradisíacos. É só a vida de todo dia mesmo – ou tudo isso. Esse registro tem um motivo profundo para ele: “quando pesquisamos sobre fotografias de Ilhabela, vemos somente imagens de praias lindíssimas. Mas qual é o rosto do povo ilhabelense? Como é seu cotidiano? Para mim, uma comunidade que não se retrata está fadada ao esquecimento ou à assimilação por outras formas de viver. No final das contas, na minha opinião, retratar nosso dia a dia é uma bela forma de amar a nós mesmos”, finaliza.

retratar pessoas

O ônibus que percorre as ruas da ilha, as crianças brincando ao ar livre, a interação dos moradores do lugar com os bichos. Tudo isso encanta e remete para a simplicidade e a beleza de um cotidiano em que, às vezes, deixamos de reparar

retratar pessoas

retratar pessoas


MARCELO OSÉAS mora atualmente em São Paulo, mas ainda se encanta com a vida cotidiana. Para saber mais: marcelooseas.com.br


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 243, maio de 2022 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*