Cosméticos para fazer em casa

  • TEXTO Nara Siqueira
  • FOTOGRAFIA Carolina Oliveira e Istock
  • DATA: 06/09/2019

Preparar produtos para a pele com ingredientes naturais é uma forma de cuidar da saúde e do meio ambiente, além de ser um bom exercício para a criatividade

Nem só de alimentação balanceada e prática de exercícios físicos se faz uma vida saudável. A pele, maior órgão do nosso corpo, também precisa de uma atenção especial: grande parte dos produtos que encontramos nas prateleiras dos supermercados e farmácias é cheia de substâncias químicas tóxicas que trazem sérios prejuízos para a saúde e para o planeta.

“O que minha pele tem comido?” foi o questionamento que levou Nyle Ferrari, jornalista e ativista do autocuidado, a reparar nas embalagens de cosméticos e buscar entender a ação e impacto de cada um dos componentes que ali estavam escritos. Ela acaba de lançar, em parceria com a Imaginarium, o livro Beleza Natural, que traz 30 receitas, de cosméticos a refeições, só com o que vem da terra – nada de origem animal, nem de industrializados.

 

Nyle Ferrari é jornalista e ativista pelo autocuidado e ensina a fazer cosméticos naturais

Aqui, ela compartilha dicas e preparos para quem quer colocar a mão na massa e produzir os próprios produtos de forma sustentável, sem desperdícios e colocando a criatividade para explorar os ingredientes e testar combinações.


Atenção à higienização
O primeiro passo é garantir um ambiente limpo para a manipulação dos ingredientes, além de recipientes devidamente higienizados para armazenar os produtos. Dê preferência aos potes de vidro e os esterilize com água fervente. Seque-os bem, passe um pouco de álcool e, depois, com um papel toalha, garanta que fiquem completamente secos novamente. “A água facilita a proliferação de microorganismos”, explica Nyle. As receitas prontas precisam ser guardadas na geladeira e, aquelas que levam água na composição, têm prazo de validade de três dias. Com as outras, vale observar alterações de cheiro e cor.

Na despensa
Para quem quer começar a se aventurar pelo mundo dos cosméticos artesanais, alguns ingredientes são indispensáveis. Não deixe faltar vinagre, camomila, óleo de coco, bicarbonato de sódio e amido de milho. Com eles, dá para testar diversas combinações para diferentes fins. Uma dica: lojas de produtos naturais a granel costumam ser mais baratas. Como nosso intuito é criar hábitos mais sustentáveis, leve os seus próprios potes à loja quando for comprar algo. Assim, evitamos o excesso de saquinhos plásticos.

 

Limpeza feita e ingredientes separados, vamos às receitas!

 

Desodorante
É comum que boa parte dos desodorantes à venda contenham parabenos na formulação, um conservante sintético nada saudável. Ele está relacionado a distúrbios hormonais e câncer de mama. Outra substância encontrada nesse produto é o cloridrato de alumínio, que também interfere no funcionamento dos nossos hormônios. Para fazer em casa: misture bicarbonato de sódio, amido de milho e óleo de coco em textura pastosa. Pronto! Se quiser dar um perfume, basta adicionar algumas gotas do óleo essencial de sua preferência – só cuidado para não confundir com essência. O primeiro é natural, extraído das plantas.

 


Esfoliante facial

É bem simples: separe algumas folhas de hortelã frescas e as triture com um punhado de açúcar orgânico até que sobrem pedacinhos bem pequenos. Depois, basta aplicar em movimentos circulares no rosto limpo. Mas evite essa receita se sua pele for ou estiver sensível por algum motivo (por causa de acnes ou machucados). Uma alternativa é usar o chá de camomila como tônico facial – ela possui propriedades anti-inflamatórias e de limpeza.

 

Brilho extra para os cabelos
Depois de lavar com shampoo e condicionador, aplique uma mistura de 70 ml de água filtrada com 30 ml de vinagre. Em seguida, enxague. A receita é indicada para cabelos que estão precisando de brilho. Nyle também alerta para o uso das tinturas: “elas podem conter metais pesados como chumbo, que é tóxico para o nosso corpo, entre outras substâncias nocivas para o sistema respiratório”.

 

Firmeza ao corpo
A argila verde é recomendada para ajudar a tratar a celulite, por ser desintoxicante e ajudar na circulação dos líquidos do corpo. Basta misturar quatro colheres de sopa de argila com um pouco de água até formar uma pastinha cremosa, aplicar na região desejada e deixar agir por cerca de 20 minutos. Em algumas lojas, é possível encontrar essa pasta pronta. Também vale usar no rosto, especialmente quem tem a pele oleosa.  Assim que remover a argila, misture duas colheres de sopa de óleo vegetal (como o de coco) com cinco gotas de óleo essencial de grapefruit, “Ele é um estimulante linfático, por isso ajuda na questão das celulites também”, diz a jornalista. “Único ponto é que ele é fotossensível, portanto, não pode se expor ao sol ao utilizá-lo, sob o risco de sofrer queimaduras na pele”.

Nyle Ferrari: https://www.instagram.com/nyleferrari/

 

 


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 211, setembro de 2019 ASSINAR
COMPRAR A EDIÇÃO

NESTA EDIÇÃO

Cultive sua coragem: Entenda como dar os próximos passos para finalmente realizar aquilo que seu coração deseja


COMENTÁRIOS

  • Marli

    Otimas dicas

    Responder

  • TAMBÉM QUERO COMENTAR

     

    Campos obrigatórios*