5 indícios de que você precisa se conhecer melhor

  • TEXTO PAULA BOSCHI
  • FOTOGRAFIA Photo by Vince Fleming on Unsplash
  • DATA: 23/11/2020

Nem sempre vai ser fácil reconhecê-los, mas a consciência de que você precisa se conhecer melhor, liberta

Você já se sentiu um estranho pra você mesmo, sem saber como lidar com seus próprios sentimentos, pensamentos e comportamentos? Já se julgou por não se sentir na posição de “ser humano ideal” que você mesmo criou?

Todos nós estamos sujeitos a isso durante a vida. Você pode não se reconhecer em nenhum desses indícios, mas certamente existem muitos outros pontos que você precisa considerar!

Indício 1. A opinião dos outros

Você se preocupa demais com a opinião alheia, com o que está por vir e com a chance de dar errado.

“Pré-ocupação” é ocupar-se com algo que sequer aconteceu.

Se você gasta energia se ocupando de coisas que ainda não existem, há uma grande chance de você estar deixando o que realmente importa (e existe) de lado

Indício 2. A culpa é dos outros

Você sempre acha um culpado e ele nunca é você.

Olhar para os acontecimentos da sua vida e não se sentir a vontade para se responsabilizar por eles é um sinal de alerta.

Quando culpamos o outro, tiramos de nós a responsabilidade pelos erros, mas também perdemos a habilidade de nos reconhecermos nos acertos.

Indício 3. A confirmação dos outros para você se conhecer melhor

Você busca confirmações do universo, do mestre e dos amigos.

Basear suas decisões em fatores externos é um sinal de que você precisa se conhecer.

Conselhos de amigos, astrologia, horas iguais, tarô, mentores e etc, precisam ser vistos como ferramentas extras que não podem, de forma alguma, decidir por você.

Autoconhecimento é autonomia e confiança em si.

Indício 4. Você sempre diz sim

Você não consegue dizer não e sempre prioriza os outros.

Para cada sim dito a alguém, avalie se você não está dizendo não a si mesmo.

Doar-se ao outro sacrificando suas vontades e/ou seus valores é um ato de extrema falta de respeito com você mesmo.

Aqui vale aquela máxima: Quem se doa demais não é mais amado. Quem se doa demais acaba só sendo mais usado.

Indício 5. Comparação

Você se compara ao invés de se inspirar.

A grama do vizinho sempre te parece mais verde.

Você olha para o que não tem e se compara ao invés de se inspirar.

Você duvida do mérito do outro ao invés de se interessar em perguntar como ele fez.

Se desamina quando vê o outro conseguindo algo que você queria ter, mas não está disposto a fazer sacrifícios para conseguir também.

Todos nós já passamos por um ou vários desses indícios. O importante é desenvolver a habilidade de se observar e compreender de onde vem esses comportamentos. A consciência liberta e transforma os comportamentos que nos parecem involuntários em escolhas.


PAULA BOSCHI  acredita no autoconhecimento descomplicado. Sem imposições, sem padrões e com leveza. @tranquilize.pr


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 238, dezembro de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*