Sono: sensível repouso | Ouvindo Vida Simples

  • DATA 26/11/2021
  • DURAÇÃO 8 minutos

Nesse episódio de Ouvindo Vida Simples, Joyce Oliveira faz a leitura do texto “Sensível repouso”, que aborda a temática do sono, publicado na edição impressa número 212 da revista Vida Simples. A matéria original é de Sibele Oliveira.

Produção de áudio – Aluisio Santos (Ogro) | Edição online – Carolina Vellei | Direção geral – Lu Pianaro e Isis de Almeida

Para salvar e ler depois:

O sono é mais do que um tempo para o corpo e a mente descansarem. A sua qualidade (ou não) é um ressoar da nossa voz interna. Saiba ouvi-la

Sempre vi uma boa noite de sono como um remédio para os problemas da vida. Não importava o que estivesse passando, tinha a esperança de que acordaria com uma solução. Para mim, esse tempo de descanso sempre foi um bom conselheiro. Mas, mesmo sendo parte da natureza humana, nem sempre ele ocupa o lugar que merece em nossas vidas. Temos a mania de inventar coisas demais para fazer, e com isso nos vemos obrigados a esticar o dia para dar conta de todas elas. Sem perceber, vamos, aos poucos, encurtando o nosso tempo de descanso.

É dessa falta de cuidado que podem surgir a insônia, o sono agitado, o acordar durante a madrugada, a sensação de ter passado a noite em claro mesmo depois de dormir bastante… A conta sempre chega no dia seguinte. “O sono diz se estamos equilibrados ou não, pois é muito sensível aos sofrimentos físico e psicológico. Ele traz o retrato da nossa história”, resume Karina Haddad, psicoterapeuta do Instituto do Sono de São Paulo. Ele é um espelho que reflete com nitidez o que estamos vivendo e sentindo, inclusive as nossas emoções mais escondidas. “Tudo equilibra ou desequilibra junto. Todos os trancos que enfrentamos na vida, tudo o que vivemos de alguma forma afeta corpo e mente”, diz Karina Haddad.

Clique e leia o texto completo.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 246, agosto de 2022 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*