Respire fundo e conte até dez | AUTORRETRATO

No episódio de hoje do podcast  AUTORRETRATO*  Bianca Oliveira propõe uma reflexão sobre a correria excessiva do cotidiano.

Eu me lembro do dia em que tirei as pilhas do relógio que estava pendurado aqui na parede da sala da minha casa. O barulho do tik tak estava me incomodando. Em uma dessas arrumações de armários encontrei o falecido. Estava guardado numa caixa junto com outras tantas coisas que para mim também eram irrelevantes. Acontece que, naquele momento, em que eu segurava o meu antigo relógio de parede, com seus ponteiros totalmente paralisados e não mais cumprindo o seu real propósito de existir, me deu pena. Pena de mim, e não dele.

Eu sempre fui de abraçar um mundo de tarefas e atividades. Vivia em potência máxima a semana inteira, o mês inteiro e até o ano inteiro para dar conta de tudo e de todos. Sempre me senti pressionada pelo mundo e suas infinitas informações de quem eu deveria ser. E, pressionada por mim mesma por me importar tanto com essas questões.

Mas num determinado momento, foi o relógio que me tirou as pilhas. E aí amigo, eu me vi esgotada. Atolada num lamaçal que estava a ponto de me afogar.

E foi nessa época que eu ouvi de uma amiga, profissional da área da saúde, algo que eu nunca mais esqueci. Ela me disse que eu não sabia respirar e e que eu não estava usando a capacidade ideal dos meus pulmões.


AUTORRETRATO é um podcast da Vida Simples de episódios curtos e diretos. O objetivo é tratar o ordinário de uma maneira reflexiva e especial. Um espaço para quem busca construir constantemente uma imagem mais fiel sobre si, sobre o outro e sobre o mundo. A ideia surgiu da Vida Simples e da jornalista e podcaster Bianca Oliveira, do canal Coisas Sobre Você.

BIANCA OLIVEIRA é jornalista, produtora de conteúdo e podcaster. Respirar profundamente ainda é um dos seus grandes desafios diários.


Se você gostou deste episódio, também pode gostar de: Você está cansado? 

Uma pesquisa realizada pelo Ibope demonstrou que 98% dos brasileiros se sentem cansados mental e fisicamente. A pesquisa, realizada em 2013, mostrou que jovens de 20 a 29 anos representam a maior fatia dos exaustos. No último minuto, enquanto você me ouve, mais de 4,5 milhões de vídeos foram visto no Youtube ao redor do mundo; 1 milhão de logins foram feitos no Facebook; 200 milhões de e-mails foram enviados e quase 4 milhões de buscas foram feitas no Google.

Vivemos a era da imersão digital. Que pelo jeito, vai nos levar cada vez mais para as profundezas desse oceano sem fim. O metaverso que o diga. A expectativa é que a nossa vida será estilo Matrix. Mais lá do que cá. O fato é que a o mundo digital nos trouxe o mundo do imediatismo, da informação em um clique, pressa em comunicar, em comprar, em apresentar, em divulgar… Pressa!

Estamos SUPEROCUPADOS. O resultado a gente já sabe: esgotamento e… cansaço.

Muitos nem sabem ou não querem admitir, mas estão sofrendo com o cansaço. Outros, assim como eu, admitem honestamente que são pessoas cansadas. No meu caso, foram os fatos externos. Por uma pré-disposição biológica desenvolvi desde muito cedo uma transtorno de ansiedade que faz meu corpo e mente se cansarem mais rápido que o comum. 

Compartilho aqui o que tem me ajudado a sobreviver nesse mundo da pressa e consequentemente do cansaço. Nem sempre consigo, mas como eu disse a jornada é longa e estou bem a fim de continuar nela.


* AUTORRETRATO é um podcast da Vida Simples de episódios curtos e diretos. O objetivo é tratar o ordinário de uma maneira reflexiva e especial. Um espaço para quem busca construir constantemente uma imagem mais fiel sobre si, sobre o outro e sobre o mundo. A ideia surgiu da Vida Simples e da jornalista e podcaster Bianca Oliveira, do canal Coisas Sobre Você.

BIANCA OLIVEIRA é jornalista, produtora de conteúdo e podcaster. Tem buscado aprender a respirar. Isso a escola não ensina. 


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 238, dezembro de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*