Seja grato e revele o melhor que há em você

  • TEXTO Fernanda Silva
  • DATA: 09/03/2020

É simples: quanto mais cultivamos o sentimento de gratidão genuíno, mais aprendemos a valorizar o momento presente

 

Já se pegou olhando uma paisagem ou lembrando de um momento especial na sua vida, e quando se deu conta estava com seu peito expandido e um leve sorriso no rosto? A neurociência explica o motivo disso acontecer. Quando nos deparamos com uma bela imagem, uma boa lembrança ou algo que nos traz felicidade, sentimos em nosso corpo o que chamamos de bem-estar e gratidão.

O nosso cérebro, nesse momento, ativa o sistema de recompensa, que possui em sua estrutura o núcleo accumbens, conhecido como gerador de prazer e de impulsividade. Essa estrutura fica localizada em nosso sistema límbico, responsável pelas emoções e comportamento, que por meio dos circuitos neurais, liberam em nosso corpo os bons efeitos da dopamina, um neurotransmissor que aumenta nossos níveis de prazer e autoestima, e da ocitocina, o hormônio do afeto.

ASSINE A VIDA SIMPLES

Quando esses sentimentos passam a ocorrer frequentemente, tendemos a aumentar o prazer pela vida e ir em busca de nossos sonhos e objetivos. Ou seja, direcionamos de maneira positiva nossos impulsos e comportamentos.

Queremos ser felizes

O que todos nós desejamos, profundamente, é ser feliz. Isso, invariavelmente, implica em se sentir grato pelo que se possui. É simples: quanto mais cultivamos o sentimento de gratidão genuíno, mais aprendemos a valorizar o momento presente.

Só que, em muitas vezes, projetamos para o futuro o sentimento de felicidade e gratidão. Isso cria uma expectativa de que quando realizarmos nossos sonhos e desejos, daí sim poderemos sentir gratidão e felicidade. Porém, deixamos passar despercebidos os momentos que nos rodeiam. Mas, por incrível que pareça, são momentos simples, como olhar o pôr do sol, encontrar alguém que amamos, apreciar a natureza, receber ou mandar uma mensagem de carinho. Até rir de nós mesmos, tudo isso está ao nosso alcance, faz parte de nossa vida. Basta sermos gratos! Não estou dizendo que com isso não teremos mais nenhuma dificuldade na vida. Porém, o sentimento de gratidão nos permite compreender melhor os nossos desafios, nos preparando para comportamentos de ação e não mais reativos.

Acima de tudo, ao praticarmos a gratidão constantemente, estamos desenvolvendo em nosso sistema cerebral uma nova estrutura mental. Isso acontece porque a todo momento ocorre a neuroplasticidade, a capacidade do sistema nervoso de mudar e adaptar-se as novas estruturas mentais. Dessa forma, podemos dizer que por meio da neurociência, todo processo constante de aprendizado pode sim modificar nossos pensamentos e, consequentemente, comportamentos e ações.

Aproveite o momento e seja grato por poder ler e aprender mais a cada dia.

 

Fernanda Silva. Pedagoga e Diretora 


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 221, julho de 2020 ASSINAR
COMPRAR A EDIÇÃO

NESTA EDIÇÃO

Ao olhar para nossas emoções, compreendemos que a estabilidade é um empenho permanente. O caminho para harmonia surge quando estamos bem com nós mesmos.



TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*