O silêncio é a linguagem dos fortes

  • TEXTO Raissa Lemos Rocha
  • DATA: 21/01/2020

Independentemente de como e onde, busque viver essa experiência, se arrisque e permita que sua vida seja enfeitada com essa realidade

 

O barulho faz parte da nossa rotina. A todo tempo ruídos externos estão atraindo a nossa atenção. Esses ruídos não são necessariamente sons, mas também imagens, vídeos, cores, frases que nos movem de um lado para outro. Isso dificulta o nosso processo de reflexão e faz com que fiquemos dispersos de algo que estamos realizando, principalmente se for algo que exige de nós um esforço intelectual mais intenso. 

Além dos ruídos externos, existem ainda os ruídos internos. Entre eles está a nossa imaginação, que é a “louca da casa”, e nos faz voar por horizontes inusitados e percorrer lugares nunca vistos. Ele nos permite experimentar novas sensações e também as preocupações com alguma situação, ou a memória de algum fato importante, um sentimento forte que está nos deixando inquietos. 

ASSINE A VIDA SIMPLES

Desta forma, a todo momento, podemos perceber que somos afetados por ruídos externos e internos, que podem ser obstáculos para encontrar com o silêncio, um estado de quietude que pode ser um grande aliado para o autoconhecimento e a resposta de muitos “porquês” que ninguém pode nos dizer. Infelizmente algumas pessoas perderam a capacidade de silenciar, não sabem o tesouro escondido por trás dessa grande dádiva. Além disso, muitos sentem-se até incomodados na sua presença, tentam disfarçar e fugir dessa situação de alguma forma.

A ajuda do silêncio

Mas, o que necessariamente o silêncio pode fazer por nós?  Será que ele é tão valioso assim ou apenas um desconforto que apenas pessoas solitárias gostam de conviver? É um desafio e até mesmo uma ousadia querer definir o silêncio com apenas uma característica. Dizer, também, como ele pode ser útil nas situações mais importantes de nossa vida, pois o silêncio pode ser expressado de várias formas.

Dentre todos os momentos de silêncio e de recolhimento que eu pude viver, posso dizer que, efetivamente, ele me fez mais forte. É um exercício que tento incluir na minha rotina, procuro em algum momento de afastar de tudo o que for barulho e estar em união a essa realidade tão íntima e pessoal, nem que seja por alguns minutos. Certamente, cada vez que paro, fecho meus olhos e respiro, é como se o meu ser fosse preenchido com uma força superior. Algo que está além de minhas capacidades pessoais e assim, compreendo que é um mistério do qual não tenho poder para desvendar…

ASSINE A VIDA SIMPLES

O silêncio é a linguagem dos fortes, porque é realmente difícil estar diante de si mesmo, olhar para as próprias faltas, analisar as situações que não são agradáveis e precisar reconhecer que errou e que precisa mudar. O silêncio nos tira da zona de conforto, abala nossas estruturas, nos deixa vulneráveis e mais sensíveis àquilo que antes estava oculto; ele tem a capacidade de iluminar nossa consciência para as realidades mais confusas, ajuda no processo de compreensão e esclarece nosso entendimento. 

É por meio do exercício de silenciar que muitas pessoas se tonaram sábias, porque nessa simples atitude de parar, acalmar as emoções para atingir uma realidade nova e desconhecida, pode-se alcançar a verdade presente em cada um de nós. Com o silêncio estamos na melhor companhia, estamos unidos a algo que pode nos mostrar a beleza de sair de nós mesmos.

Persevere 

Para poder conviver com essa presença tão bela e enriquecedora, é preciso perseverança, coragem e humildade. Perseverar, pois não é fácil fazer silêncio, principalmente com tantos ruídos. Por isso ser firme neste propósito e não desistir. A coragem, pois não sabemos o que vamos encontrar, pode ser que muitas vezes nos deparemos com situações que podem nos enfraquecer e que nos façam querer desistir. E humildade, que é a rainha de todas as virtudes, que nos faz sermos quem realmente devemos ser, pois é ela quem nos ajuda a caminhar na verdade. 

Com o exercício continuo de fazer silêncio, aos poucos vamos percebendo que ele se torna uma companhia agradável e que nos é muito valioso, pois com ele vem a paz, a paciência e a segurança, armas que são úteis para enfrentar todos os obstáculos que a vida nos proporcionar. 

ASSINE A VIDA SIMPLES

Independentemente de como e onde, busque viver essa experiência. Se arrisque e permita que sua vida seja enfeitada com essa realidade tão simples e muito importante. O silêncio pode ser a resposta para as suas perguntas. Pode ser a chave que abrirá as portas fechadas e a peça que estava faltando para completar sua história.  


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 216, fevereiro de 2020 ASSINAR
COMPRAR A EDIÇÃO

NESTA EDIÇÃO

Como lidar com a ansiedade: Acolher as angústias e entender que a responsabilidade por ficar bem não é só nossa trazem menos culpa e mais liberdade



TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*