O que faço com a saudade?

  • TEXTO Ana Luiza Martinez de Azevedo
  • DATA: 27/07/2020

Seja sincero e permita que as pessoas que você ama conheçam seu coração. O amor sempre diminui fronteiras.

 

Todos que passam pela nossa vida têm algo a nos acrescentar. E nós a eles. Convivemos com quem precisamos em determinado momento. Talvez se tivéssemos consciência do impacto que temos na vida uns dos outros, seríamos mais cuidadosos com os sentimentos alheios.

Conectar-se é reconhecer a importância disso e saber que ao nos aprofundarmos na alma do outro, nem ele nem nós saímos da mesma maneira. É como a mistura do vermelho e do azul, que faz o roxo existir. As cores já não voltam ao estágio inicial. Ninguém permanece igual depois de um encontro com o outro.

ASSINE A VIDA SIMPLES

Quanto à saudade de momentos que vivemos, talvez sirvam como uma espécie de respiro nos épocas mais difíceis. São as boas lembranças que nos fazem seguir em frente, tal qual um combustível, como inspiração para evoluirmos e alcançarmos nossa melhor versão. Então, em um futuro próximo, podemos criar novas e boas memórias.

A saudade de quem mora longe talvez seja a mais desafiadora. Não por doer mais, pois não há medida para as coisas que acontecem dentro de nós, mas por nos forçar a buscar mecanismo para reduzir distâncias. E também porque queremos que o outro sinta o que sentimos, na mesma intensidade. É como querer que a Lua, que surge do outro lado do oceano, brilhe com a mesma potência de onde enxergamos.

Declaração

Em tempos como o atual, a imaginação e a tecnologia se aliam para diminuir os oceanos que nos separam, ainda que a dois passos de distância. Use todas as ferramentas que puder para fazer com que as pessoas que você ama se sintam amadas e acolhidas.

Talvez tudo que você precisa seja se permitir ser vulnerável. Vulnerabilidade gera intimidade – e esta, por certo, aprofunda nossas ligações com os outros. As pessoas que você ama sabem que são amadas por você? Qual foi a última vez que você disse “eu te amo” realmente pensando no significado que essas poucas letras carregam?

ASSINE A VIDA SIMPLES

Palavras de amor certamente são como um abraço na alma. É preciso que as pessoas que amamos realmente saibam e ouçam isso de nós. Se desafie a ser mais vulnerável, pare por alguns minutos e pense no que sua família e seus amigos realmente significam para você. Permita que todos estes sentimentos transbordem, escreva, diga tudo que vier à sua mente.

Ao nos permitirmos sermos vulneráveis, estabelecemos uma conexão mais profunda com nosso destinatário. Então, apenas seja sincero e permita que as pessoas que você ama conheçam seu coração. O amor sempre diminui fronteiras.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 222, agosto de 2020 ASSINAR
COMPRAR A EDIÇÃO

NESTA EDIÇÃO

Podemos deixar para trás a ideia de que ser feliz é uma incansável procura pela vida perfeita. Desfrutar do aqui e do agora nos desperta para esse sentimento que vive dentro de nós



TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*