Trabalhar junto

  • TEXTO Lucas Tauil de Freitas
  • DATA: 11/03/2020

Compartilhar conhecimento é essencial para seguir em frente com mais propósito, para a gente e para a comunidade ao redor

 

O tempo é de mudança de paradigma, estamos na era do crescimento exponencial. A virada trazida pelo desenvolvimento tecnológico geométrico tem um porém: a alta velocidade de crescimento rompe o ciclo de feedback, a boa e velha conversa. Tudo anda tão acelerado que os processos de avaliação ficam de lado. E isso não acontece apenas nas relações entre as pessoas, mas também na nossa interação com o meio ambiente. O planeta dá claros sinais de esgotamento. Soma-se a isso um modelo econômico cheio de remendos, no qual socializam-se os custos e privatizam-se os lucros.

ASSINE A VIDA SIMPLES

Nesse cenário, um equilíbrio sustentável depende de uma revolução exponencial também na maneira como a gente se relaciona um com o outro. Precisamos de soluções a partir de um olhar diferente do que gerou nossos problemas. Emerge uma demanda por práticas colaborativas e modelos descentralizados de governança tanto na esfera pública como na privada.

Confie na sua competência

Há pouco mais de um ano Sandra, minha companheira, e eu nos juntamos a uma rede de ativistas e empreendedores chamada Enspiral. O grupo, que começou na Nova Zelândia, hoje reúne 250 pessoas esparramadas pelo mundo. O propósito da Enspiral é aumentar a quantidade de gente trabalhando com o que de fato importa. A rede é um experimento em governança, estuda e pratica o que vai no centro das organizações, as relações entre as pessoas. Acreditamos que todos precisam ser envolvidos nas decisões que os afetam. Para isso foi criado o Loomio (loomio.org), uma plataforma que permite que tomemos decisões juntos sem que seja preciso estarmos no mesmo local ou que nossa interação aconteça ao mesmo tempo. O Loomio ajuda mais de 30 mil grupos a tomar decisões juntos em 93 países diferentes.

Uma organização sem hierarquia, a Enspiral se define como uma rede de alta confiança que compartilha tudo o que cria. Todos os softwares e processos desenvolvidos por quem faz parte dessa rede são de código aberto, compartilhados na internet (github.com). Apostamos em um modelo de governança que não é para os outros. O desafio não diz respeito aos outros, mas sim buscar soluções com os outros, é sobre trabalhar junto para resolver nossos problemas. Essa mudança de olhar, a escolha de seguir junto está na alma do Human Methods Lab, organização da Enspiral que desenvolve práticas de colaboração e liderança descentralizada.

Quanto melhor conhecemos as habilidades do outro e confiamos em sua competência, mais serena é a passagem do bastão e fluido o processo de liderança, no qual a tomada de decisão corre de acordo com os talentos do time. A diversidade deixa de ser uma escolha politicamente correta e torna-se uma força.

 

Lucas Tauil de Freitas acredita que a colaboração pode ajudar na cura do planeta.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 236, outubro de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*