Floresta na sala: sim, é possível!

  • TEXTO Gisela Garcia
  • DATA: 17/01/2021

Não precisa ter quintal para ter uma – ou várias – planta em casa. É só saber escolher a espécie certa para o seu ambiente.

Quando me mudei para o apartamento onde moro, eu tinha apenas duas certezas: eu queria uma parede bem azul e plantas, muitas plantas, uma floresta na sala.

Não sei direito quando foi que me tornei a tia louca das plantas, mas precisava honrar esse título, então fui pesquisar sobre quais as melhores espécies para ficar dentro de casa: as que precisam de pouca luz, as mais práticas de cuidar e, claro, as que dão um upgrade na decoração de qualquer lugar.

Por isso, hoje vou falar apenas das plantas de meia sombra e das plantas de sombra total, em especial as que moram comigo. Mas, antes, deixa eu te contar o que eu aprendi para que sua plantinha fique sempre bonita.

O primeiro passo é deixá-la longe da luz direta do sol. Deixar suas plantas de sombra em ambientes que recebam iluminação indireta faz com que elas se desenvolvam muito mais.  Ah, e se a sua planta for de meia sombra, ela vai ficar bem em ambientes que recebam apenas a luz da manhã ou do final de tarde. Algo bem suave e que não atrapalhe o seu crescimento.

Além disso, o excesso de água faz mal para as plantas de sombra para vaso. Isso eu aprendi na marra, quase afogando as minhas. Aí descobri que essas plantas geralmente possuem um armazenamento próprio para água, e não é necessário regá-las várias vezes na semana.

Para não errar na quantidade de água, verifique qual é a espécie que você tem em casa e regue de acordo com as recomendações. Tio Google tá aí pra isso, né?

Outra dica é evitar deixar as plantas de sombra próximas ao ar-condicionado ou perto de aquecedores. E é importante adubar a planta com frequência para ela sempre ter nutrientes para retirar da terra.

Ah, não esqueça de sempre tirar folhas mortas, secas ou amareladas, para não afetar a estrutura das suas plantinhas.

Agora, sim, vem conhecer as minhas meninas:

Espada de São Jorge

Eu gosto da Espada de São Jorge porque exige pouca manutenção no dia a dia. Super-resistente, ela deve ficar em locais meia sombra, mas caso você não tenha iluminação alguma no ambiente, também pode usar que ela aceita numa boa.

Peperômia

Essa gracinha é uma das plantas que gostam de sombra e umidade. Adoro as folhas em formato de coração. A peperômia é ótima para plantio em jardim vertical ou vasos suspensos, mas eu preferi colocar em um vasinho junto com as outras.

Minicacto

Eu fiquei surpresa quando soube que o minicacto, ao contrário do cacto grande, não deve ser exposto à luz direta. Eles se adaptam muito melhor em ambientes internos. Geralmente, as regas são semanais, porém, sempre verifique o solo para saber se precisa de mais água ou não.

Costela de Adão

Essa é a queridinha dos decoradores atualmente. Para cuidar, você precisa regá-las regularmente, para deixar o solo sempre úmido.

Areca

PLANTAS DE SOMBRA

A areca é um tipo de palmeira que está entre as plantas de sombra. Ela até pode ser cultivada no sol, mas costuma ficar muito mais bonita na meia sombra, principalmente quando regada regularmente, longe do ar-condicionado.

Antúrio

O meu antúrio está sem flores, mas continua lindo. Embora não possa ter contato direto com o sol, é importante deixá-lo na meia sombra, em ambientes indiretamente iluminados. Além disso, ele gosta de água, então faça regas frequentes, mas não encharque as folhas.

Pau d’água

PLANTAS DE SOMBRA

Essa plantinha é bem versátil. Ela gosta de meia sombra, sombra e é capaz de se acostumar ao sol pleno, mas vá devagar no período de adaptação. A minha está plantada, mas se a sua estiver em um arranjo em vaso, troque a água uma vez por semana, para manter o oxigênio em dia, evitar cheiros e mosquitos indesejáveis.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 235, setembro de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*