Você vive um relacionamento abusivo consigo mesmo?

 Aprenda a trocar o autoataque pela correção compassiva. O relacionamento abusivo nem sempre vem de outro, às vezes, somos nós os agressores.