Qual é o tamanho do seu mundo?

  • Tiago Belotte

Eu tenho uma filha de três anos que adora fazer perguntas sobre o mundo. E por várias vezes ela já me questionou sobre o tamanho da Terra.

As vezes, Nina facilita e me oferece uma comparação – o mundo é maior que o sol, papai? Aí é fácil, e eu digo que sim. No entanto, quando ela tenta entender quanta coisa cabe no planeta, assim como ela é capaz de dimensionar o número de brinquedos que suas gavetas comportam, minha tarefa educativa fica mais difícil. Mesmo que minha resposta não seja a melhor, ela fica satisfeita, por um tempo.

Nina adora fazer perguntas, e eu adoro que ela as faça. Quando não sei a resposta, pesquisamos juntos. E quando se trata de algo que só a explicação não satisfaz sua curiosidade, vem logo outro pedido – me mostra no YouTube? Minha filha só tem três anos, quase quatro, mas nem sempre era de perguntar ou dizer que não sabia. Aliás, ela tinha a mania de dizer que sabia sempre. Você poderia perguntar qualquer coisa e a resposta era a mesma – sei sim, papai. Comecei a devolver pra ela – então me conte o que é. Aí, o que antes era uma certeza, virava um problema. E assim, tínhamos uma correção – eu acho que não sei, papai.

Não sabemos de tudo e o mundo é maior do que o que conhecemos. Parece algo fácil de compreender, até para uma criança. Mas não é. Muitos de nós, age conforme o que é chamado de Suposição de Mundo Fechado. Se eu não conheço, não existe ou não é verdade. E aí, nos limitamos ao que nossos braços e cabeças alcançam. Pouco, né?

Durante muitos anos, acreditou-se que só existiam cisnes brancos. Cientistas confirmavam, não há outra cor dessa ave aquática. Até que os europeus chegaram às terras hoje conhecidas como Austrália. E lá, descobrimos o cisne negro. Que, a despeito do que diziam os especialistas, estava lá, nadando, voando e existindo. 

Viver é navegar em mar aberto. Não acreditar em cisnes negros não fazem eles deixarem de existir. Não aceitar o desconhecido, o incontrolável e o novo, não elimina nenhum desses itens das nossas vidas. Só nos torna mais limitados na forma de agir e reagir. 

O mundo é maior que suas gavetas e se você não sabe de algo, tá tudo bem ir pesquisar ou perguntar para alguém que tem outras gavetas e recursos diferentes do seus. A Nina não sabe, mas minha dificuldade de responder sobre o tamanho do mundo, é que a cada vez que ela questiona, o mundo dela muda um pouquinho de tamanho, e se torna maior.

criancas

Tiago Belotte é fundador e curador de conhecimento no CoolHow – laboratório de educação corporativa que auxilia pessoas e negócios a se conectarem com as novas habilidades da Nova Economia. É também professor de pesquisa e análise de tendências na PUC Minas  e no Uni-BH. Seu Instagram é @tiago_belotte. Escreve nesta coluna semanalmente, aos sábados.

 

*Os textos de nossos colunistas são de inteira responsabilidade dos mesmos e não refletem, necessariamente, a opinião de Vida Simples.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 243, maio de 2022 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*