Olhos nos olhos

  • Lu Gastal

Os olhos, atualmente, têm sido nossa maior forma de conexão; nosso olhar pode, sim, sorrir. Basta querer e permitir que esse sorriso emane do seu coração

 

Sabe aquela frase que seguidamente passeia pelo feed nas redes sociais “a sua energia chega antes que suas palavras”? Tempos de pandemia têm sido o momento ideal para colocá-la em prática. Com a necessidade do uso de máscaras, o olhar passou a ser nosso cartão postal. Fato é: os olhos são parte fundamental da conexão entre os seres humanos. Incapazes de mentir ou omitir uma sensação de alegria, de tristeza, de surpresa, eles exercem um papel de porta voz da alma.

Estudado por neurocientistas e psicólogos, o contato visual implica em uma série de processos cerebrais. Há quem discorde, mas pesquisadores afirmam que o olhar nos torna conscientes da ação de outra pessoa, gerando importantes conexões.

ASSINE A VIDA SIMPLES

Sabemos que um sorriso tem o superpoder de abrir portas, mas nesse momento, em que as máscaras passam a ser protagonistas na convivência humana contra a disseminação do Covid-19, se faz necessária a reformulação dessa ideia. Os sorrisos, logicamente, jamais perderão seu poder, mas, no atual contexto, aos olhos deu-se o maior poder de expressão!

Eu sei, você sabe, todo mundo (literalmente) sabe: a vida não anda fácil pra ninguém. Tempos estranhos com normas reguladoras de segurança, repletos de incertezas, vontades, regras de cuidados e resguardo caseiros. Vivemos um momento escasso de abraços reais e abundante de solidariedade e cooperação – basta acompanhar movimentos concomitantes ao redor do mundo, inclusive de confecção e distribuição de máscaras caseiras.

Olhos conectam

Além de importante ferramenta na comunicação interpessoal, os olhos, atualmente, têm sido nossa maior forma de conexão! Portanto, querido leitor, preste atenção ao que seus olhos estão dizendo. Dia desses escutei num debate a afirmação de que, com as máscaras, não há sorrisos. Discordo totalmente.

ASSINE A VIDA SIMPLES

Nosso olhar pode, sim, sorrir! Basta apenas querer e permitir que esse sorriso emane do seu coração! Deixe sua energia fluir e emanar coisas boas, pois delas estamos todos precisados!

Beijos meus!

 

Lu Gastal trocou o mundo das formalidades pelo das manualidades. Advogada por formação, artesã por convicção. É autora do livro “Relicário de afetos” e participa de palestras por todos os cantos. Desde que escolheu tecer seus sonhos e compartilhar suas ideias criativas, não parou mais de colorir o mundo ao seu redor. Seu Instagram é @lugastal.

 

*Os textos de nossos colunistas são de inteira responsabilidade dos mesmos e não refletem, necessariamente, a opinião de Vida Simples.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 223, setembro de 2020 ASSINAR
COMPRAR A EDIÇÃO

NESTA EDIÇÃO

Colocar atenção no que é essencial em nossa existência é um caminho para viver de forma mais íntegra e verdadeira. Saiba reconhecer o que é mais valioso para você



TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*