“Chega a doer de tanto amor”

  • Mariana Nahas

A dor quer te mostrar o caminho de volta para o amor.

Esta semana tinha um prazo para entregar um texto no dia seguinte. Um projeto grande e eu sabia que esse texto tinha que ser muito bacana. Era quinta a noite e a entrega seria no dia seguinte. Eu ainda nem tinha começado um esboço. Quando olhei minha agenda, vi que estava quase toda preenchida com inúmeros compromissos e poucos intervalos, pensei comigo: “Quando será que eu vou conseguir encaixar esse texto?”

Meu coração acelerou, me senti agitada, ansiosa e, de repente, o sono foi embora, mesmo com o corpo cansado e dolorido. Sabia que se entrasse nesse looping de pensamentos seria um caminho sem volta. Então fechei meus olhos e respirei profundamente, liberando o stress. Lembrei a mim mesma que faço isso há 20 anos. Sabe, nessas horas a gente tende a esquecer tudo que sabe e só coloca foco no problema e nunca na solução.

doer de tanto amor

O universo como aliado

Então, coloquei em prática o que ensino todos os dias para reduzir os pensamentos frenéticos de medo, insegurança e ansiedade… Controlei minha respiração de forma pausada, peguei um livro para mudar o foco. Li poucas páginas e percebi que estava exausta. Antes de tentar dormir rezei, orei seguidamente para me lembrar que estou conectada a tudo que há! Lembrei-me que o universo é benevolente e que toda a vez que confiei nele, ele nunca me deixou na mão.

Pensei comigo: “Faço isso há anos, o texto está todo incorporado dentro de mim, ele vai vir na hora certa e vai vir de uma vez só. Rápido e indolor… sem esforço e perfeito! Não há nada a temer!” Apaguei a luz e dormi.

Em conexão

No dia seguinte, acordei com a preocupação do texto na cabeça. Precisaria encontrar um tempo, mas a agenda de compromissos começou. Uma ligação aqui, uma reunião ali, um compromisso pessoal acolá. Parei um instante e fui para o sofá responder as mensagens do WhatsApp e do Instagram, o que me lembrou do texto. Então, resolvi abrir as minhas notas no celular, apenas para escrever o tema consciência e fazer dele a intenção e o fio da meada para o texto se manifestar ao longo do dia. Essa era a intenção, afinal não tinha muito tempo agora.

Escrevi: C-O-N-S-C-I-Ê-N-C-I-A… E então as palavras foram chegando, uma após a outra. A linha de raciocínio surgindo como uma cachoeira criativa que não tem início nem fim… fluxo. Fui escrevendo e me deliciando com a facilidade com que as ideias iam fluindo, de forma organizada e perfeita na minha mente e através dos meus dedos…. Tac-tac-tac e ponto final! Em 20 minutos ele estava terminado.

Pronto!

Li novamente e pensei: Irretocável! Como consegui fazer isso!? Timing perfeito! De uma só vez… como pedi! Sorri com o canto da boca, depois com a boca toda. Ainda sentada naquele mesmo sofá e maravilhada com o que tinha acontecido. Fecho os olhos em estado de graça, coloco a mão no coração e agradeço a Deus, a Consciência Divina em mim por te interferido, por me abençoar com a sua conexão e inteligência.

tanto amor

Agradeço a Ela, agradeço a mim por me permitir recebê-la, sinto o amor e a gratidão invadir todo meu corpo que formiga energizado pela energia do amor e da vida! Como eu amo tudo isso.. Que benção viver a vida em conexão, me sentindo tão integrada que tenho a certeza de que o Universo está sempre em mim para me apoiar. Como amo… sinto tanto amor que até dói!

Opa, como assim dói!?

Parei e refleti sobre o que havia dito: — O amor dói! Descobri nesta reflexão que a dor e o amor são a mesma coisa. Claro! Somos UM em essência tudo o que há! E tudo que há é o AMOR MAIOR. Reaprender a sentir tudo junto, sem separação, julgamento de valor ou distinção, mas com acolhimento e sem rejeição a nenhum deles é a verdadeira CURA!

Entendi que da mesma forma que amei tanto que até doeu. Posso fazer a mesma coisa quando doer. Vou integrar tanto a dor na totalidade do meu ser que vai doer tanto até eu sentir AMOR! Que lindo isso! É possível. Somos a unidade por trás de toda forma, significado e símbolos do mundo. Exercita esse olhar e veja o mundo, os sentimentos e a sua percepção de realidade se transmutar na frente dos teus olhos do MEDO para o AMOR!


Mariana Nahas é mentora de desenvolvimento humano, expansão da consciência e espiritualidade. Ela traduz de forma leve e prática conceitos da psicologia, ciência e espiritualidade para a vida cotidiana, facilitando e inspirando a prática do bem viver. 

*Os textos de nossos colunistas são de inteira responsabilidade dos mesmos e não refletem, necessariamente, a opinião de Vida Simples.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 230, abril de 2021 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*