7 Dicas para sintonizar a felicidade em 2021

  • Mariana Nahas

Apesar de muitas vezes não parecer, sintonizar a felicidade está mais acessível do que você imagina

1.  Tenha muita clareza do que te faz feliz

Pergunte-se em todas as ocasiões:

Eu estou funcionando a favor ou contra a minha felicidade?

Isso está contribuindo para a minha felicidade ou contra ela?

Sinto-me mais leve ou pesado se fizer essa escolha?

Passamos grande parte da vida movidos por desejos que nascem inspirados por métricas e padrões que vem de fora da gente e não tem qualquer alinhamento com nossos valores e necessidades da alma. Eles são guiados por convenções sociais e um insconsciente coletivo que na maior parte das vezes não atendem as nossas necessidade mais fundamentais: do corpo, mente e do espírito.

Aprenda a reconhecer o que realmente te faz feliz, te deixa leve, te energiza e nutre sua alma.

Se auto observe, você tem essas respostas.

2. Mantenha uma contabilidade da sua felicidade

Quantos momentos de felicidade você tem por dia?

Algum dia você já se fez essa pergunta?

Para se perceber feliz é preciso de auto observação. Desenvolva a habilidade de estar sempre atento ao momento presente e suas emoções.

Aprenda a reconhecer, validar e celebrar a sua felicidade. Não deixe os pequenos momentos de felicidade passarem em branco sem serem reconhecidos. Eles são valiosos pois te mostrarão que a felicidade está na jornada e não no destino.

Perceba-os

Aproprie-se deles

Celebre-os

Contabilize!

Traga pra sua consciência

Ganhe intimidade com a sua felicidade!

3. Seja grato todos os dias

Crie o hábito de agradecer instantaneamente os momentos que te trazem felicidade, prosperidade e afeto ao longo do seu dia.

Só percebemos aquilo que colocamos o nosso foco, portanto só seremos capazes de ser gratos se estivermos atentos para perceber a nossa própria felicidade.

Esteja atento e agradeça sempre!

4. Construa pontes ao invés de muros

A felicidade não consegue entrar quando nossas couraças emocionais de medo, dor e auto proteçao estão altas, no entanto é potencializada quando é compartilhada.

Se abra: compartilhe suas conquistas, suas idéias, seus esforços, sonhos e alegrias, mas não deixe de compartilhar também seus problemas, sua tristeza, suas derrotas e sua fragilidade. A felicidade é a melhor amiga da vulnerabilidade. Não tema o encontro. Mostre o quanto somos iguais, ciclicos e que não precisamos estar bem o tempo todo.

Seja aquele que investe energia em construir pontes e não muros entre você e o outro.

5. Um dos caminhos para a felicidade é encontrar a sua alegria na alegria dos outros

É dar aquilo que acreditamos mais precisar, pois ao oferecer ao outro aquilo que acreditamos nos faltar, percebemos que somos uma Fonte inesgotável de criação.

Segundo o livro Um Curso em Milagres, dar e receber é exatamente a mesma coisa. Esse parece ser um conceito complicado de entender, mas Cora Coralina o compreendeu perfeitamente quando disse: – Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.

A busca pela felicidade egoista não funciona, é uma busca onde a longo prazo todos perdem. Seja feliz fazendo o outro feliz!

6. A felicidade é cósmica

Não encontramos a felicidade no mundo, nas coisas, nos eventos ou nos encontros. Nós nos sintonizamos a ela de acordo com o nosso estado de espírito. E o seu estado de espirito por sua vez é determinado pelo teor dos seus pensamentos.

Se deseja mudar a sua realidade, comece a colocar atenção no que você anda pensando e como isso reverbera no seu estado de espirito.

Felicidade é uma frequência que você se conecta.

Cultive em você virtudes e qualidades fundamentais como compaixão, gentileza, altruismo, liberdade de escolha, equilibrio emocional, paciência, tolerância.

Diferente de prazer ou felicidade, essas virtudes são habilidades que podem ser aprendidas e cultivadas através da prática e do treinamento mental e comportamental e elas são fundamentais para elevar sua frequência e te conectar com o estado pleno de felicidade.

7. Você é a Fonte da sua felicidade

Passamos a vida toda tão auto centrados buscando no mundo aquilo que acreditamos que nos falta pra sermos felizes que não nos damos conta de que temos uma fonte inesgotável de alegria e felicidade dentro de nós.

Vivemos a vida com o foco voltado pra fora, partindo da perspectiva de que somos seres incompletos. Buscamos no mundo aquilo que acreditamos que irá nos preencher: conhecimento, relacionamentos, prazer, felicidade, bens materiais, amor, atenção, reconhecimento. No entanto, o segredo da felicidade duradoura nos é revelado no momento em que voltamos nosso foco pra dentro e encontramos a fonte de toda criação dentro de nós. É neste instante que passamos a abençoar o mundo com o que temos e com quem somos.

A felicidade não é um sentimento, ela é um estado de espírito que pode ser alcançado quando se desenvolve as virtudes da alma, as habilidades de auto observação e presença e encontra dentro de si a conexão, a fé e a confiança no plano maior. Desta forma fica fácil compreender como a felicidade pode estar presente durante toda a jornada da vida, mesmo nos momentos de tristeza e frustração.

“Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.”

Thich Nhat Hanh


Mariana Nahas é coach de vida, terapeuta integrativa, facilitadora de meditação e idealizadora do Programa de Desenvolvimento Pessoal Ser Humano. Acredita que o autoconhecimento e a autocompaixão são as chaves para despertar em nós o ser de infinitos recursos internos que somos enquanto seres conscientes. Escreve quinzenalmente no Portal Vida Simples. Seu instagram é @mariananahas_.

 

*Os textos de nossos colunistas são de inteira responsabilidade dos mesmos e não refletem, necessariamente, a opinião de Vida Simples.


POSTS RELACIONADOS

EDIÇÃO DO MÊS

Edição 227, janeiro de 2020 COMPRAR

TAMBÉM QUERO COMENTAR

 

Campos obrigatórios*